League of Legends

Yoda retorna ao competitivo com novo time do Submarino

Ninguém esperava por essa... FON!
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
é reporter no Versus.
© Reprodução
© Reprodução

Felipe "Yoda" Noronha está de volta ao cenário competitivo após declarar aposentadoria ao ser campeão do 1º split do Campeonato Brasileiro de League of Legends 2017. O streamer fará parte do novo time de League of Legends do Submarino.

O anúncio do retorno do jogador foi feito direto do estande do Submarino, neste sábado (9), na Comic Con Experience 2017.

Yoda montou um time de streamers para compor a Submarino Stars, sendo eles: Daniel “Blury", Flávio “Jukes” e Gabriel “Pimpimenta”, que serão comandados por Luca “Grátis 150ml”.

A equipe ainda terá uma seletiva aberta ao público para contratar mais dois jogadores. As inscrições (que você pode fazer neste link) serão liberadas a partir de domingo (10), às 12h.

Em comunicado oficial, o Submarino afirmou que escolher pessoas da comunidade para integrar o time tem como objetivo "incentivar o crescimento da comunidade gamer no Brasil."

Em entrevista exclusiva para o Versus, Tiago Barreira, diretor do Submarino, comentou que este não é um simples caso de patrocínio de equipe, e sim um time formado diretamente pela marca em parceria com a Cursor, empresa que também agencia o Flamengo.

Os jogadores terão contratos firmados, mas ainda não foi divulgado se a line-up contará com uma gaming house ou gaming office.

“A ideia é mostrar de forma divertida para toda a comunidade, a rotina e os desafios de jogadores profissionais. Vamos transmitir os treinos ao vivo na Twitch.TV, com todos os Streamers da equipe, o que nunca foi feito por nenhum time profissional”, afirma YoDa.

Sem perder tempo, o time estreia em janeiro de 2018 no campeonato de LoL da DreamHack Suécia e garantiu que irá disputar o torneio de acesso ao Circuito Desafiante, para almejar uma vaga num futuro CBLoL.

Os jogadores postaram em suas redes sociais sobre o novo time já usando o uniforme oficial:

Foto: Twitter
Foto: Twitter

Barbara Gutierrez e Bia Coutinho são do Versus e acham que o TRABSON nunca acaba. Siga-as no Twitter em @bahgutierrez e @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Como seriam os nomes dos campeões se eles fossem brasileiros
League of Legends

LoL: Como seriam os nomes dos campeões se eles fossem brasileiros

Lux seria Luciana e Vayne com certeza seria Vanessa
Beatriz Coutinho
LoL: Faker seria um chefe rigoroso de acordo com seu gameplay de Startup Company
League of Legends

LoL: Faker seria um chefe rigoroso de acordo com seu gameplay de Startup Company

Com certeza o pesadelo de qualquer funcionário
Helena Nogueira
Legends of Runeterra: Decks para usar depois da atualização 0.9.0
Legends of Runeterra

Legends of Runeterra: Decks para usar depois da atualização 0.9.0

O meta ainda está se estabelecendo, mas já há listas que prevalecem
Matheus de Lucca