Twitch

Yoda é o maior streamer do país e Brasil tem o 3º maior público de eSports, revela pesquisa

São 14 milhões de horas assistidas apenas nas transmissões de YoDa
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Em 2017, o streamer venceu o premio eSports Brasil. Imagem: Reprodução/Riot Games
Em 2017, o streamer venceu o premio eSports Brasil. Imagem: Reprodução/Riot Games

A Newzoo e a Esports BAR divulgaram uma pesquisa realizada no primeiro semestre de 2018 sobre os eSports no Brasil.O estudo foca em diversos assuntos do mundo dos esportes eletrônicos, desde uma lista dos maiores streamers brasileiros até o tipo de público que acompanha torneios no país.

Leia mais:

Em League of Legends, YoDa lidera ranking. Imagem: Reprodução/Newzoo
Em League of Legends, YoDa lidera ranking. Imagem: Reprodução/Newzoo

Top 1o: Streamers brasileiros

YoDa lidera o ranking de streamers brasileiros com 14 milhões de horas assistidas de League of Legends, seguido de alanzoka, com 11 milhões de horas. Jukes (7,3 milhões), SkipNhO (6,3 milhões) e jovirone (4,9 milhões) também estão na lista, que pode ser vista acima.


Brasil e os eSports

De acordo com a pesquisa, o Brasil é o terceiro país com o maior número de entusiastas de eSports, sendo que os maiores eventos de 2018 foram a primeira temporada do Campeonato Brasileiro de League of Legends (1,6 mil pessoas presentes) - e a ESL One: Belo Horizonte 2018 - contando com 15 mil presentes no estádio do Mineirinho - como os maiores eventos do ano.

No último semestre, a explosão da audiência dos eSports no país cresceu 18,6% em comparação com 8,5% em 2017. Além disso, 13% da população brasileira assiste conteúdos relacionados à videogames.


Esportes tradicionais vs Esportes eletrônicos

O público que assiste eSports e não acompanha competições tradicionais soma 1,2 milhão pessoas e é dividido entre idades, sendo:

  • 43% de 10 a 20 anos;
  • 43% de 21 a 35 anos;
  • 15% de 36 a 50.

São 42,9 milhões apaixonados por futebol no país - em sua maioria entre 21 e 35 anos -, porém, também há uma população de 4,3 milhões que é capaz de assistir aos dois tipos de esporte.

Nem sempre quem assiste campeonatos joga o game. Imagem: Reprodução/Newzoo
Nem sempre quem assiste campeonatos joga o game. Imagem: Reprodução/Newzoo

Assistir vs Jogar

Será que todo mundo que vê campeonatos, de fato joga a modalidade? Há duas porcentagens apresentadas aqui: a base de espectadores entusiastas de eSports que acompanha cada título e a parte deste público que acompanha os torneios e não joga.

  • League of Legends - De 53% do público que assiste, 18% não joga LoL;
  • Counter Strike: Global Offensive: De 46% que assiste, 18% não joga CS:GO;
  • Clash Royale: De 40% que assiste, 12% não joga Clash;
  • Dota 2: De 25% que assiste, 19% não joga Dota;
  • Overwatch: De 22% que assiste, 15% não joga.


Quem assiste?

29% das pessoas que consomem conteúdo de games no Brasil também consomem eSports. Existem dois tipos de fãs de esportes eletrônicos no país: os entusiastas que sempre acompanham torneios (41%) e os ocasionais, que não assistem com muita frequência (59%).

Os apaixonados pelas competições eletrônicas em sua maioria (78%) possuem um headset gamer, utilizam o Instagram (78%) e também tem entre 10 a 25 anos. Enquanto isso, 31% dos espectadores casuais são mulheres.


Top 10: Transmissões brasileiras

O Brasil possui figuras muito conhecidas por transmitirem jogos nacionais e internacionais, personalidades que criam fãs por conta dos bordões utilizados durante as narrações. Mas quem será que manda nas lives além dos streamers?

As análises e narrações do canal da Riot Games Brasil lidera o topo da tabela - com 5,7 milhões de horas assistidas -, seguidas do conteúdo de Dota 2 da Beyond The Summit PT - com 2,8 milhões de participantes - e a Gamers Club fica em terceiro lugar na transmissão de CS:GO - com 2,6 milhões de espectadores.

A StarLadder CS PT (também de CS:GO) fica em quarto lugar, com 1,4 milhão, e a narração irreverente do Circuito Desafiante - na extinta PromoArenaTV - leva o 5º lugar, com 1,3 milhão de fãs acompanhando partidas de LoL.

Os maiores canais da Twitch dedicados a eSports no Brasil são a Riot Games e a ESL Brasil, respectivamente com 531 mil e 214 mil fãs.

Com todos estes dados, será que ainda alguém acredita que é "apenas um joguinho"?



Siouxsie Rigueiras é jornalista no Versus e se enquadra no público que assiste CS:GO mas não joga (mas é por ser muito ruim), siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
TwitchEsports
Mais notícias
Ninja se irrita após Twitch promover pornografia em seu antigo canal
Ninja

Ninja se irrita após Twitch promover pornografia em seu antigo canal

A plataforma se desculpou sobre o ocorrido
Beatriz Coutinho
Smash Ultimate: Final da EVO 2019 quebra recorde de audiência do torneio
Smash Bros

Smash Ultimate: Final da EVO 2019 quebra recorde de audiência do torneio

Foram quase 280 mil espectadores na Twitch
Matheus Oliveira
Ninja quebra recorde de inscrições do Mixer sem ao menos ter feito lives ainda
Ninja

Ninja quebra recorde de inscrições do Mixer sem ao menos ter feito lives ainda

O verdadeiro significado de popularidade
Beatriz Coutinho