Wild Rift

Wild Rift: Riot diz possíveis requisitos mínimos para o novo LoL mobile

Jogo rodará em iPhone 5S e Samsung Galaxy A7
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.
Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

Nesta terça-feira (15), a Riot Games anunciou oficialmente o League of Legends Wild Rift, versão do MOBA para aparelhos mobile e consoles. A desenvolvedora promoveu um evento para pro players, imprensa e influenciadores para a transmissão dos 10 anos de LoL e, na ocasião, representantes da empresa revelaram os possíveis requisitos mínimos para que o jogo rode em celulares.


Leia mais:


Durante a coletiva de imprensa do evento, Roberto Iervolino, gerente da Riot Games no Brasil, revelou a geração de aparelhos que possui os requisitos mínimos esperados para Wild Rift: "Trabalhamos com a expectativa neste momento de que - especificamente o LoL Wild Rift - rodaria em um iPhone 5s e em um Samsung Galaxy A7. A gente pode confirmar se esta é a informação, mas do ponto de vista técnico estes são nossos objetivos."

Sobre o mesmo tema, Priscila Queiroz, gerente de produto da Riot Games no Brasil, explicou que os desenvolvedores tiveram contato direto com a equipe brasileira durante a produção do game mobile: "Fazer um jogo acessível para o público brasileiro é uma preocupação nossa. Estamos em contato constante com as equipes em central [de Los Angeles] neste processo de desenvolvimento. A gente ouviu o jogador, fizemos pesquisas e [tornar o game acessível para todos] esteve sempre na nossa cabeça no processo de desenvolvimento do jogo."

"Estamos estudando o jogador brasileiro usando o mobile. Sabemos o quanto o mobile é importante no Brasil e o quanto as plataformas de smartphones aqui representam números absolutos", complementou a executiva.

O público presente no evento teve a oportunidade de testar a versão para celulares de Wild Rift. Na coletiva de imprensa, os Rioters ressaltaram que isto não é algo que aconteceu em todas as regiões.


Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

Também esteve presente na coletiva um representante da sede norte-americana da Riot Games. Jarred Kennedy, diretor geral de parcerias e negócios de IPs, deu mais detalhes sobre a nova versão de League of Legends - que foi produzida do zero, sem o auxílio da engine do jogo original.

Aos jornalistas presentes, o executivo confirmou que Wild Rift terá crossplay: "Wild Rift terá crossplay em todas as plataformas. Você poderá jogar com outras pessoas de plataformas diferentes no mesmo ecossistema do jogo. Porém, inicialmente, isto não acontecerá com o PC, por serem duas versões diferentes do jogo”.

Durante a stream de 10 anos de League of Legends (LoL), os fãs foram surpreendidos com diversas novidades da Riot Games. Entre os anúncios, estão o cardgame Legends of Runeterra, o jogo mobile e de consoles Wild Rift, o jogo de tiro Projeto A, o possível RPG Project F e o fighting game Projeto L.


O Versus foi convidado pela Riot Games para testar Legends of Runeterra. Confira o vídeo acima para ver nossas primeiras impressões e detalhes de gameplay de LoR.

Para mais conteúdo sobre os 10 anos de League of Legends, continue ligado no Versus e siga-nos nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Review: Wild Rift é a experiência perfeita do LoL para mobile
Wild Rift

Review: Wild Rift é a experiência perfeita do LoL para mobile

O pré-registro do game já está disponível na Google Play Store
Matheus de Lucca
Wild Rift: Como fazer o pré-registro de League of Legends Mobile
Wild Rift

Wild Rift: Como fazer o pré-registro de League of Legends Mobile

Garanta o seu acesso para quando os testes beta começam
Matheus de Lucca