PES

"Vou focar no cooperativo e trazer o título para o Brasil", diz GuiFera sobre a PES League

O melhor do mundo conta sua história e planos futuros
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ele é tricampeão brasileiro e atual campeão mundial. Aos 18 anos de idade, Guilherme "GuiFera" Fonseca arrematou diversos títulos em uma carreira cheia de sucessos no Pro Evolution Soccer, sendo hoje pro player pelo Santos e embaixador da eLiga Sul.

Durante a etapa das Américas da PES League*, o Versus conversou com o jogador, que contou sua história e revelou seu novo objetivo em 2018: ser campeão do modo cooperativo.

Leia mais sobre PES:

O menino que um dia seria melhor do mundo nasceu em Jaú, no interior de São Paulo. Criado em um lar em que o videogame era uma das peças principais da casa, Guilherme conta que seu início no PES vem de longa data: "Eu sempre joguei PES - na época era Winning Eleven - desde pequeno. Eu já tinha um videogame em casa, porque meu pai sempre gostou. A família toda joga: meu avô, meu tio... Então eu nasci jogando, praticamente [risos]."

Da mesma forma, o futebol é algo que veio do berço: praticando no campo desde criança, o pro player chegou a ser jogador pelo time de futebol de sua cidade, mas um grande infortúnio impediu que ele continuasse sua carreira no esporte tradicional.

"Até 2014 eu jogava na categoria de base do time da minha cidade, o XV de Jaú. Foi então que eu rompi o ligamento do joelho e parti de vez para os games. Foi um mal que veio para o bem, hoje eu sou muito feliz fazendo o que eu gosto".

Tendo que pendurar as chuteiras, GuiFera pegou o controle na mão e deu segmento a algo que era um hobby. Começando com campeonatos online, ele se apoiou no incentivo de amigos e família e seguiu para Campinas, onde disputou seu primeiro presencial em 2014.

Depois de apertar start, não demorou muito para a carreira do pro player decolar. No mesmo ano, com apenas 15 anos, ele arrematou seu primeiro título no Campeonato Brasileiro de Futebol Digital.

Logo se tornou inevitável que os pais do jogador conhecessem o mundo dos eSports.

"No começo, nem eu nem eles conhecíamos esse mundo. Sentamos para conversar, demorou mas eles entenderam e, desse dia em diante, me apoiaram e acompanharam. Meu pai estava comigo na etapa das Américas da PES League, minha mãe acompanhou de casa, torcendo."

Acumulando canecos e medalhas, GuiFera começa 2018 sem a esperança de repetir o título no mundial do individual. Porém, o brasileiro está longe de ter um péssimo ano, sendo embaixador da eLiga Sul ao lado de Felipe "Fmestre12" Pereira e Henrique "Henryquinho"Mesquita, titular do Santos e capitão de um time do modo cooperativo.

"Não esperava chegar até onde cheguei. Com o passar do tempo, foi caindo a minha ficha de onde eu estava", conta GuiFera. Foto: Reprodução
"Não esperava chegar até onde cheguei. Com o passar do tempo, foi caindo a minha ficha de onde eu estava", conta GuiFera. Foto: Reprodução

Ele comenta sobre a PES League 2018 e os jogadores brasileiros que estão na disputa: "O Brasil é o país do futebol virtual também, nós temos alguns dos melhores jogadores do mundo, então tenho certeza que os brasileiros vão dar o que falar no mundial. A etapa das Américas da PES League foi meu pior torneio, na minha análise. Não vou disputar o bicampeonato no individual, mas agora meu objetivo é focar no cooperativo e trazer o título para o Brasil."

Vencendo etapa a etapa, GuiFera construiu uma carreira sólida e um futuro promissor. "Não esperava chegar até onde cheguei. Com o passar do tempo, foi caindo a minha ficha de onde eu estava, onde eu cheguei com muita luta e muito treinamento. Agradeço muito aos meus familiares e amigos que sempre me apoiaram."

O próximo compromisso do tricampeão brasileiro é em maio, mês em que disputa a etapa europeia da PES League ao lado de Emerson "Ghalbim_pes" Vinícios e Valber "valber_GYN" Mendes. Continue no Versus para mais sobre a liga oficial do jogo de futebol.


*A jornalista viajou a convite da Konami.



Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
PES
Mais notícias
Perfil: A história de Henrykinho, brasileiro a ir mais longe na PES League 2019
PES

Perfil: A história de Henrykinho, brasileiro a ir mais longe na PES League 2019

Com apenas 18 anos, o pro player é tricampeão nacional e já participou de dois mundiais
Helena Nogueira
eFootball PES 2020 não terá futebol feminino, segundo Konami
PES

eFootball PES 2020 não terá futebol feminino, segundo Konami

Desenvolvedora disse que não tem planos de adicionar mulheres ao novo game
Helena Nogueira
PES fecha parceria com Mancherster United e traz David Beckham ao jogo
PES

PES fecha parceria com Mancherster United e traz David Beckham ao jogo

Jogadores e estádio extremamente realistas também foram prometidos na versão 2020
Jairo Junior