Valorant

Valorant: Tudo sobre o mapa Ascent

Conheça o mapa e confira algumas dicas para jogar nele
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: Riot/Reprodução
Foto: Riot/Reprodução

Ascent é o novo mapa de Valorant, que chegou juntamente ao lançamento oficial do FPS da Riot Games, em 2 de junho. Esta nova arena tem cenários já conhecidos dos jogadores desde a fase BETA, mas muitos pontos são inéditos - inclusive algumas pequenas mecânicas exclusivas. Nesta matéria apresentamos os principais pontos do mapa italiano, bem como dicas para bolar estratégias e sair com vantagem nas partidas.

Leia mais:

O mapa

Radar do mapa Ascent
Radar do mapa Ascent

Como é possível ver acima, este é o radar de Ascent, que mostra todos caminhos e lugares do mapa. Há três caminhos diferentes, sendo que um leva ao bombsite A, outro ao meio e o último ao bombsite B. Há algumas variações de rota que podem ser aproveitadas tanto pelo time defensor quanto pelo atacante.

Assim como os outros mapas, Ascent também traz caminhos aos bombsites pelos flancos em corredores e a característica do meio ser um local mais aberto e propenso a trocação franca de tiros. A diferença é que o jogador se sente em um lugar muito mais amplo, principalmente pelo meio ser completamente aberto e ter ao todo quatro pontos cruciais de contato: dois nos flancos e dois centralizados em direção a cada base. Na foto abaixo, os pontos 2 e 3 são dominados pelos defensores enquanto 1 e 4 fica para os atacantes, no início da rodada.

1/2
Meio do mapa Ascent, visto do alto pela entrada dos atacantes
Meio do mapa Ascent, visto do alto pela entrada dos atacantes
Meio do mapa Ascent, visto do alto pela entrada dos defensores
Meio do mapa Ascent, visto do alto pela entrada dos defensores

Antes de chegar aos corredores estreitos que levam aos bombsites, Ascent também traz duas rotas muito mais amplas e largas - uma em cada bombsite. Desta forma a defesa pode optar por uma trocação mais aberta em um estilo agressivo de jogo, aproveitando a sensação claustrofóbica que o ataque terá para dominar a região estreita ou então ficar nos próprios bombsites esperando o ataque.

Veja abaixo as áreas amplas e as estreitas:

1/4
Parte mais aberta do Corredor A
Parte mais aberta do Corredor A
Parte mais estreita do Corredor A
Parte mais estreita do Corredor A
Parte mais aberta do Corredor B
Parte mais aberta do Corredor B
Parte mais estreita do Corredor B
Parte mais estreita do Corredor B

Os bombsites

Os bombsites de Ascent parecem mais únicos se comparados aos demais mapas. Vamos começar pelo bombsite A, o qual podemos adiantar que tem uma quantidade até exagerada de cobertura e lugares para ficar escondido. Para entrar nele será preciso um bom domínio de mapa, caso contrário, o time atacante terá problemas. Veja as visões do lado atacante e defensivo da entrada principal:

Bombsite A

1/2
Veja a quantidade de lugares e lados que um defensor pode estar no bombsite A
Veja a quantidade de lugares e lados que um defensor pode estar no bombsite A
Esta é a visão da defesa para entrada principal do bombsite A
Esta é a visão da defesa para entrada principal do bombsite A

Quando falamos sobre ter um bom domínio de mapa para chegar ao bombsite A, é por dois principais motivos: o primeiro é a entrada secundária do bomb, que dá acesso à parte mais alta. A segunda é que em táticas mais específicas, é possível entrar pelo meio, depois na base inimiga e finalmente a parte alta do B1.

Com a mesma foto utilizada acima, podemos indicar que a entrada secundária do bombsite A fica no ponto de contato 3, enquanto a entrada do meio para base defensiva é a 3. Veja a imagem abaixo mais uma vez:

1/2
Os pontos 2 e 3 podem levá-lo ao bombsite A também
Os pontos 2 e 3 podem levá-lo ao bombsite A também
Entradas secundárias para o bombsite A
Entradas secundárias para o bombsite A

Bombsite B

O bombsite B é um velho conhecido dos jogadores da versão BETA, pois se trata do mesmo bomb do tutorial, em que jogamos com Sova. Lembram-se dos robôs vindo lhe atacar? Sim, é aquele mesmo!

Apesar de conhecido, ele tem uma peculiaridade, que é a separação de um galpão de madeira. Esta grande estrutura que separa tudo oferece uma dinâmica diferente, pois oferece duas opções aos jogadores:

  • 1ª: Encher a passagem e spots de smokes e rushar rápido em direção ao bombsite, praticamente ignorando o que é esta primeira parte;
  • 2ª: Fazer um domínio em dois tempos, que é o mais recomendado quando não há muitos utilitários na equipe. Desta forma primeiro será preciso fazer o domínio da primeira área com cuidado, para depois fazer o domínio do bombsite, também com cuidado, pois é possível que tenha inimigos nos dois locais. Neste segundo caso, você pode até mesmo "smokar" as passagens do bombsite, já que seu objetivo inicial é dominar a 1ª área e não o bomb em si.

Por mais que pareça que o B2 tenha tantos spots quanto o A, nele tudo é mais aberto e os covers são menos eficazes, logo, a trocação é mais franca e as surpresas podem ser menores. Veja abaixo os spots possíveis da 1ª área do Bombsite B e do próprio bombsite.

1/4
Entrada principal Bombsite B
Entrada principal Bombsite B
O Bombsite B
O Bombsite B
Spots da 1ª área do Bombsite B
Spots da 1ª área do Bombsite B
Spots do Bombsite B
Spots do Bombsite B

Mecânicas do mapa

Ascent tem algumas mecânicas já conhecidas como os orbes, além de outras que não existem nos outros mapas.

Falando dos orbes, o primeiro fica próximo ao Bombsite A, no corredor largo, do outro lado da rua do "Gelatto". Já o segundo é no corredor estreito do Bombsite B, em cima da caixa com peixes. Veja abaixo:

1/2
Orb próxima do Bombsite A
Orb próxima do Bombsite A
Orb próxima do Bombsite B
Orb próxima do Bombsite B

As mecânicas diferentes são as portas ativadas por uma alavanca. Basta chegar na frente delas e apertar o "F" (padrão) para abrir e fechá-las. Isso pode dar uma vantagem momentânea para quem defende o bombsite - momentânea, pois a porta pode ser quebrada com tiros. Ha também uma passagem próxima ao Bombsite A, a qual pode ser quebrada para ter um acesso ao bomb.

Veja os locais exatos nas fotos baixo:

1/6
Alavanca do bombsite A
Alavanca do bombsite A
Alavanca do bombsite A com a porta fechada
Alavanca do bombsite A com a porta fechada
Alavanca do bombsite B
Alavanca do bombsite B
Alavanca do bombsite B com a porta fechada
Alavanca do bombsite B com a porta fechada
Passagem que pode ser quebrada
Passagem que pode ser quebrada
Passagem quebrada
Passagem quebrada

Dicas do mapa

  • Neste mapa é ainda mais importante ter agentes que bloqueiam a visão de passagens com smokes, como é o caso do Brimstone. Ascent é extremamente aberto e os bombsites possuem muitos covers, o que pode ser um problema para o ataque. Para diminuir este problema a solução é cancelar a visão de algumas posições e se preocupar com as demais.
  • Jogue em time, mas não deixe de fazer splits. Splits são as táticas em que o time é divido para entrar por dois lados ao mesmo tempo. Esta é outra maneira da alta quantidade de covers ser menos útil, pois a defesa se preocupará com mais de uma entrada.
  • Por ter corredores mais abertos e um meio extremamente amplo, é essêncial ter um bom sniper no time ao jogar Ascent.
  • Quando se está na defesa, aproveite os muitos covers dos bombsites para adotar um estilo de jogo mais recuado. Não é necessário jogar avançado, a não ser que seja uma vez ou outra para quebrar o ritmo de jogo.
  • Quando se está no ataque, se puder domine o meio. É possível até mesmo dominar a região de dentro dele para fazer um ataque por ali e pegar inimigos desprevinidos ou preocupados com muitas entradas.
  • Faça testes. Sim, a dica é essa, aproveite que é um mapa novo e entre rapidamente em uma personalizada para fazer alguns testes. Seja de smokes, de flechas de Sova, orbes de Sage e até mesmo de pixels que combinem com seu estilo de jogo. Ter conhecimento em um mapa recém-lançado pode ser a chave da sua vitória sobre oponentes que ainda não estão muito familiarizados.
  • Divirta-se. Lembre-se que, segundo a Riot, neste início o novo mapa cairá com mais frequência que os demais. Isso acontecerá justamente para os jogadores aprenderem a jogá-lo e se acostumarem com ele. Então, não fique chateado de jogá-lo muitas vezes porque você já sabe que isso acontecerá. Apenas aproveite!

Tem mais alguma dica que você queira deixar? Coloque abaixo, nos comentários. Quem sabe a gente não adicione na matéria juntamente de um agradecimento especial.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
ValorantGuias
Mais notícias
LoL e Valorant: Artista recria personagens de jogos da Riot de forma realista
Valorant

LoL e Valorant: Artista recria personagens de jogos da Riot de forma realista

Seu personagem favorito apareceu entre as artes?
Jairo Junior
LoL: Artista cria skin que transforma Akali em Jett, de Valorant
League of Legends

LoL: Artista cria skin que transforma Akali em Jett, de Valorant

Esse é o crossover que a comunidade precisa!
Beatriz Coutinho
Valorant: Skins Cyberpunk podem chegar ao jogo em breve
Valorant

Valorant: Skins Cyberpunk podem chegar ao jogo em breve

Arquivos do jogo indicam esta novidade
Beatriz Coutinho