Fortnite

Universidade norte-americana dá bolsa de estudos para jogadores de Fortnite

EU LI DIREITO?!
@helenavnogueira
Escrito por
Helena Nogueira
Foto: Epic Games/Reprodução
Foto: Epic Games/Reprodução

A vez do Fortnite no competitivo - e também no universitário - pode estar cada vez mais próxima. A Universidade de Ashland, nos Estados Unidos, vai oferecer bolsas de estudo para jogadores do battle royale a partir do segundo semestre deste ano.

Leia mais sobre Fortnite:

O benefício garante US$ 4 mil de desconto na matrícula para os alunos selecionados, que vão disputar em competições e representar a universidade no game, que havia anunciado bolsas de incentivo voltados aos eSports e uma arena em fevereiro.

Mesmo sem um cenário competitivo definido do jogo, quatro estudantes devem participar do programa e compor o time.

O técnico da Ashland eSports Josh Buchanan disse que a universidade acredita no potencial de Fortnite: "O game tem apelo tanto para uma audiência hardcore como casual. Estamos felizes em oferecer essa plataforma para jogadores que querem mostrar suas habilidades competitivas. O jogo facilita um ambiente que permite que os estudantes sejam criativos, inovadores e mostrar domínio."

E ai, o que achou da novidade? Seria mais um sinal de que o Fortnite terá um cenário competitivo em breve? O Versus conversou com Th3D4rkness e MurilloShooow sobre a possibilidade.

Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
FortniteComunidade
Mais notícias
Fortnite: Temporada 3 do Capítulo 2 é adiada novamente
Fortnite

Fortnite: Temporada 3 do Capítulo 2 é adiada novamente

Lembra do dia 11? Já era!
Matheus de Lucca
Fortnite: Recuo para mouse e teclado passa por balanceamento com patch 12.61
Fortnite

Fortnite: Recuo para mouse e teclado passa por balanceamento com patch 12.61

Diferença de recoil em relação a jogadores de controle tem sido uma das reclamações da comunidade
Helena Nogueira
Fortnite: Vazamentos reforçam possibilidade de mapa inundado
Fortnite

Fortnite: Vazamentos reforçam possibilidade de mapa inundado

Será que viveremos embaixo d'água na nova temporada?
Matheus Oliveira