Street Fighter

Tokido e Dogura são os primeiros finalistas da ELeague de Street Fighter V

O Japão dominou no primeiro dia de competição!
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A segunda competição de Street Fighter V promovida pela ELeague começou na última sexta-feira (1) com as disputas do Grupo A. Os japoneses Hajime "Tokido" Taniguchi e Ryo "Dogura" Nozaki se saíram melhor, seguindo para os playoffs.

Leia mais:

O campeonato invitational da ELeague terá participação de 24 jogadores no total, que foram divididos em quatro grupos e distribuirá US$ 250 mil em premiação.

Cada grupo disputa em uma semana, com confrontos todos contra todos, de onde seguem para a fase eliminatória os dois melhores de cada conjunto. Os playoffs começam no dia 13 de julho.

Na primeira fase da competição, Tokido foi o primeiro a classificar-se, enquanto Dogura teve que trilhar seu caminho todo pela chave dos perdedores:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A ELeague de Street Fighter retorna na próxima sexta-feira (8), às 16h, com as lutas do Grupo B. Os jogos são transmitidos pelo canal oficial da ELeague na Twitch.

O Brasil será representado na competição pelo pro player Thomas "Brolynho" Proença, que entra em ação no dia 15 de junho.



Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Street Fighter
Mais notícias
Street Fighter: Brasil é um dos selecionados para o Intel World Open 2020
Street Fighter

Street Fighter: Brasil é um dos selecionados para o Intel World Open 2020

As qualificatórias para o torneio começam em março
Beatriz Coutinho
Street Fighter 5 terá novo modo de torneios online em breve
Street Fighter

Street Fighter 5 terá novo modo de torneios online em breve

Várias novidades de Halloween também estão por vir
Matheus Oliveira
Street Fighter: Momochi perde mais de 85% da premiação por não ter licença de pro player
Street Fighter

Street Fighter: Momochi perde mais de 85% da premiação por não ter licença de pro player

O japonês recebeu apenas cerca de US$ 560 dos mais de US$ 46 mil do torneio da Tokyo Game Show
Beatriz Coutinho