Tekken

Tekken 7: Circuito competitivo terá etapa sul-americana em outubro

E aí, você já começou a treinar?
@beatriz.coutinho
Beatriz Coutinho
é reporter no Versus.

No sábado (3), a Bandai Namco anunciou a volta da Tekken World Tour, circuito competitivo profissional de Tekken 7.

Leia mais sobre Tekken 7:

O torneio terá 29 etapas em diversos países ao redor do mundo e uma grande final que será realizada em novembro, na Holanda.

Haverá também uma etapa sul-americana, que acontecerá no Peru, em 6 de outubro, durante o TXT.

A estrutura do campeonato mudou e tem algumas novidades. A partir de agora, há apenas duas categorias de eventos: Challenger (ganham pontos apenas os 16 primeiros jogadores) e Master (top 32 pro players recebem pontos).

O sistema de pontuação também foi modificado. Antes, o jogador que disputasse uma etapa fora de sua região não recebia pontos, agora, todos os jogadores recebem pontuação. Se um pro player brasileiro jogar um torneio no Japão, receberá seus pontos normalmente.

Os 19 melhores jogadores do ranking de pontuação estarão classificados para a final mundial. O evento da grande decisão será realizado em dois dias, sendo o primeiro deles destinado a uma classificatória aberta, espécie de última chance, cujo vencedor se juntará aos 19 finalistas.

A premiação da final mundial será de US$ 25 mil.

Bia Coutinho é redatora no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Tekken
Mais notícias
Retrospectiva: Os 7 campeonatos que mais nos emocionaram em 2019
Esports

Retrospectiva: Os 7 campeonatos que mais nos emocionaram em 2019

Qual foi o seu favorito?
Helena Nogueira
Tekken: Japonês Chikurin vence World Tour 2020
Tekken

Tekken: Japonês Chikurin vence World Tour 2020

O Mundial de Tekken foi vencido por um peronagem de Street Fighter
Matheus Oliveira
Tekken: “Estamos fazendo história”, diz Cuddle Core sobre cenário de jogos de luta
Tekken

Tekken: “Estamos fazendo história”, diz Cuddle Core sobre cenário de jogos de luta

A pro player estadunidense é conhecida como uma das melhores do país
Matheus Oliveira