CS:GO

Team One e Flamengo suspendem atividades e fecham gaming office por conta do coronavírus

Medidas de segurança das organizações já estão sendo postas em prática por tempo indeterminado
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: HLTV/Reprodução
Foto: HLTV/Reprodução

A Team One e o Flamengo suspenderam todas as atividades esportivas e corporativas por tempo inderteminado. As medidas de segurança foram tomadas para preservar a saúde de funcionários dos clubes, em meio à pandemia do coronavírus.

Leia mais:

Dentre as ordens divulgadas por ambos, uma delas é o fechamento do gaming office brasileiro, o qual é compartilhado pelas duas frentes. Ele fica dentro do Shopping D, em São Paulo e, como evidenciado no comunicado, é um local fechado que não possui "iluminação ou ventilação natural, o que torna maior o risco de contágio". Diversas line-ups do clube usam o local para treinos diários, assim como bootcamps.

Ficou claro que todas estas ações serão válidas por tempo indeterminado. Tudo dependerá das recomendações das autoridades no assunto: "Aguardaremos um pronunciamento oficial do Ministério da Saúde para voltarmos às atividades".

No próprio tuíte da Team One, um dos torcedores se mostrou preocupado com a participação da equipe nas competições. Afinal de contas, mesmo com a paralisação da organização, diversos campeonatos continuam acontecendo. Sobre isso, o diretor de operações dos golden boys Bruno "Buzz" Rodrigues respondeu e tranquilizou: "Temos condições de continuar realizando nossas atividades online, então estamos tranquilos quanto a participação em campeonatos. Obrigado pela preocupação".

Atualmente a Team One conta com atletas de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), League of Legends, Rainbow Six: Siege (R6) e Fortnite, enquanto o Flamengo está inserido apenas no LoL e é uma das principais potências nacionais. Todas as line-ups ficam no Brasil, com exceção do CS:GO que mora e joga nos Estados Unidos. Por lá os brasileiros estão isolados na gaming house e seguem todo protocolo de higienização estipulados pelo governo. No entanto, a volta ao Brasil é inviável, uma vez que diversas fronteiras estão sendo fechadas neste momento.

Especialistas apontam que o pico da doença no Brasil deve acontecer entre esta semana e a próxima. Já são 200 casos confirmados no país e mais de 1.900 suspeitos. Além das recomendações de higiene, como lavar as mãos com frequência, não tocar na região dos olhos, nariz e boca, também é recomendado o máximo de isolamento social possível, justamente para evitar mais contágio.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
CS:GO: Furia é derrotada pela 100T e perde invencibilidade na ESL Pro League S12 NA
CS:GO

CS:GO: Furia é derrotada pela 100T e perde invencibilidade na ESL Pro League S12 NA

Brasileiros mantinham sequência de cinco vitórias consecutivas no torneio
Helena Nogueira
CS:GO: FURIA vence Gen.G e garante 5ª vitória seguida na ESL Pro League S12 NA
CS:GO

CS:GO: FURIA vence Gen.G e garante 5ª vitória seguida na ESL Pro League S12 NA

Equipe brasileira segue na liderança do torneio
Beatriz Coutinho
CS:GO: BiDa, bczz e Spacca opinam sobre queda da MIBR e futuro de jogadores
CS:GO

CS:GO: BiDa, bczz e Spacca opinam sobre queda da MIBR e futuro de jogadores

A organização também está em situação complicada e teve seus próximos passos discutidos
Jairo Junior