Street Fighter

Street Fighter: Será que os brasileiros têm chance na Capcom Cup?

Pela primeira vez, teremos dois representantes no mundial
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Capcom Cup acontece nos dias 8 a 10 de dezembro, durante a PlayStation Experience, nos EUA. É a primeira vez que contamos com dois representantes brasileiros entre os 32 melhores jogadores de Street Fighter do mundo - afinal, será que nossos conterrâneos têm chances de mandar bem?

Leia mais:

Thomas “Brolynho” Proença e Renato “DidimoKOF” Martins estão na disputa. Brolynho se classificou pela pontuação no ranking global, enquanto Didi é o campeão sul-americano da Capcom Pro Tour de 2017.

Ambos os jogadores tiveram boas campanhas durante este ano, e são capazes de fazer história no torneio. A competição, porém, promete grandes desafios.

2017, sem dúvidas, foi o ano de Brolynho. O pro player deixou sua marca no cenário competitivo de Street Fighter com suas boas performances, chegando à 25ª posição da EVO - melhor marca já alcançada por um brasileiro no campeonato internacional.

Além disso, Thomas foi um dos brasileiros que mais viajou em busca dos sagrados pontos da Capcom Pro Tour, participando de diversos torneios latino-americanos e saindo vitorioso da grande maioria.

Brolynho venceu o coreano Infiltration durante a E-League de Street Fighter V em 2017  Foto: Reprodução
Brolynho venceu o coreano Infiltration durante a E-League de Street Fighter V em 2017 Foto: Reprodução

Os piores oponentes para seu Necalli durante o ano de 2017 foram o Balrog do norte-americano Bryant "Smug" Huggin, e o japonês Masato “Bonchan” Takahashi, que é um grande jogador de Nash. O personagem é um oponente complicado justamente pela falta de players que o usam com maestria, o que dificulta os treinos do brasileiro.

Sua primeira partida, segundo a tabela divulgada, será contra Daigo Umehara, considerado por muitos o melhor jogador de Street Fighter da história.

Brolynho provou, por meio de sua campanha, estar preparado para tais desafios. O brasileiro inclusive venceu neste ano o coreano Seonwoo “Infiltration” Lee, tendo grandes chances de deixar seu nome marcado no torneio como fez Keoma em 2015, que ficou entre os 8 melhores e ficou reconhecido no cenário internacional.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Já DidimoKOF terá uma verdadeira pedreira logo em seu primeiro confronto. Segundo divulgado, a partida inicial do paulista será contra Fujimura "Yukadon" Atsushi, revelação de 2017 que está atrás somente de Victor “Punk” Woodley, Hajime “Tokido” Haniguchi e Du "NuckleDu" Dang no ranking global de pontos da CPT.

Renato comentou em entrevista ao Versus que não conta com muito tempo para treinos, mas que sua experiência com jogos de luta contribui para sua boa performance.

Sem dúvidas, a primeira luta de Didi no campeonato promete ser no modo difícil. Mesmo assim, o jogador tem potencial para vencer algumas disputas, podendo se destacar, já que o torneio é feito no modelo de dupla eliminação. Assim, o brasileiro não vai ficar fora da competição se perder sua primeira partida.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

DidimoKOF consegue explorar seu Dhalsim ao máximo e jogar com um estilo próprio, porém seus próximos oponentes são inéditos. O jogador não enfrentou quase nenhum dos pro players internacionais presentes na competição, fato que serve tanto como vantagem quanto desvantagem, já que muitos não estarão preparados para o que o brasileiro pode fazer.

A Capcom Cup começa no dia 8 de dezembro com o Last Chance Qualifier, disputa que dará a última das 32 vagas para o campeonato, seguindo para o dia 9, do qual só restarão os oito melhores para as finais do dia 10. O Versus vai cobrir o torneio… E também torcer para os representantes nacionais!

Matheus Rodrigues é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @_omanfred.

Tags Relacionadas
Street Fighter
Mais notícias
Street Fighter: Campeão mundial NuckleDu se aposenta após sofrer acidente de carro
Street Fighter

Street Fighter: Campeão mundial NuckleDu se aposenta após sofrer acidente de carro

Jogador foi campeão da Capcom Cup 2016
Beatriz Coutinho
Street Fighter: Peruano Pikoro vence etapa sul-americana da CPT
Street Fighter

Street Fighter: Peruano Pikoro vence etapa sul-americana da CPT

O Brasil ficou em segundo lugar na competição
Matheus Oliveira
CS, LoL, CoD e mais: As 10 maiores rivalidades dos esports
Comunidade

CS, LoL, CoD e mais: As 10 maiores rivalidades dos esports

É o Naruto e Sasuke, o Goku e Vegeta dos esportes eletrônicos!
Matheus Oliveira