Mortal Kombat

SonicFox decide não participar da EVO Online 2020

Decisão aconteceu após o presidente do torneio ser acusado de assédio sexual
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho

Foto: Bet.com/Reprodução
Foto: Bet.com/Reprodução

Dominique "SonicFox" McLean não participará mais da Evolution Championship Series Online 2020 (EVO). O anúncio da decisão de SonicFox aconteceu depois que o presidente e co-fundador do torneio, Joey "MrWizard" Cuellar, foi afastado de seu cargo após ser acusado de assédio sexual.

Leia mais:

SonicFox falou sobre sua decisão no Twitter. "Também não participarei mais da Evo Online", escreveu elu.

A organização da EVO escreveu uma mensagem afirmando que já estava ciente das acusações feitas contra Joey Cuellar. "O comportamento que aparece nessas acusações é completamente contrário em relação à missão da EVO em construir um ambiente acolhedor para nossos jogadores e participantes. Levamos esta responsabilidade a sério. Joey foi colocado em licença administrativa enquanto aguarda por uma investigação feita por terceiros".

A Evolution Championship Series (EVO) não será mais realizada presencialmente em 2020. Em 1 de maio, a organização do evento divulgou o cancelamento da edição deste ano devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). O torneio acontecerá de forma online e com um formato diferente da versão presencial do torneio.

SonicFox passou a manhã desta quinta-feira (2) comentando sobre os diversos relatos de assédio sexual e pedofilia que foram feitos sobre profissionais que fazem parte da comunidade dos jogos de luta. Além de Joey Cuellar, o jogador de Smash Nairoby "Nairo" Quezada e os comentaristas Cinnamon “Cinnpie” Dunson e Richard "Keitaro" King também foram acusados.

"Não importa o quanto você é bom em um jogo, trabalho, arte, artesanatos, etc. Um predador é um predador. Tirem essas pessoas de suas comunidades. Parem agora.", escreveu elu no Twitter.

No fim de junho, diversos profissionais de jogos como Counter-Strike: Global Offensive, Dota 2 e Destiny foram acusados de assédio sexual e comportamento abusivo, como Grant "GranDgranT" Harris, Lono "SayNoToRage" e Henry "HenryG" Greer.

SonicFox venceu o Final Kombat 2020 e também conquistou o título da EVO 2019 de Mortal Kombat 11. Em 2018, elu ganhou o prêmio de Pro Player do Ano.

Se você quiser saber mais sobre o caso do "#MeToo dos games", veja a reportagem completa do IGN Brasil a respeito do movimento, que começou em 2019.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Coronavírus nos esports: todos os campeonatos cancelados ou adiados
League of Legends

Coronavírus nos esports: todos os campeonatos cancelados ou adiados

Torneios de diversas modalidades foram afetados pela pandemia
Beatriz Coutinho
Como jogar de Spawn: Mortal Kombat 11 recebe personagem simples, brutal e estiloso
Mortal Kombat

Como jogar de Spawn: Mortal Kombat 11 recebe personagem simples, brutal e estiloso

O último lutador do Pacote de Kombate 1 chega em 17 de março
Matheus Oliveira
MK11: SonicFox vence Final Kombat; brasileiro Konqueror termina em 13º
Mortal Kombat

MK11: SonicFox vence Final Kombat; brasileiro Konqueror termina em 13º

O estadunidense é o primeiro campeão mundial de Mortal Kombat 11
Matheus Oliveira