Smash Bros

Smash Ultimate: Nairo, Cinnpie e Keitaro são acusados de pedofilia

Diversas acusações surgiram na comunidade de Smash
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho

Montagem: Versus
Montagem: Versus

Diversas denúncias de assédio sexual e pedofilia surgiram no cenário competitivo de Super Smash Bros. Ultimate desde a última quarta-feira (1). Até o momento, o pro player Nairoby "Nairo" Quezada e os comentaristas Cinnamon “Cinnpie” Dunson e Richard “Keitaro” King foram acusados de manter relações sexuais com pro players e outros integrantes da comunidade competitiva do game que eram menores de idade.

Leia mais:

Na quarta-feira, o pro player de Super Smash Bros. Ultimate Troy "Puppeh" Wells escreveu um relato no qual acusa Cinnpie de assédio sexual. Segundo o jogador, na época em que ela "iniciou conversas sexuais" com ele, a comentarista tinha 24 anos e ele 14. Puppeh afirma que Cinnpie constantemente dizia para que ele nunca contasse a ninguém o que havia acontecido entre os dois e pedia para que ele apagasse o histórico de conversa deles no Facebook.

Em 2016, já haviam boatos na comunidade de Smash sobre a comentarista deixar Puppeh embriagado e manter algum tipo de relacionamento sexual com ele. Na época, Cinnpie negou as acusações. O vídeo de um torneio realizado em 2016 mostra Cinnpie abraçando e conversando com Puppeh.

O criador de conteúdo "Glyphmoney" afirmou que também foi assediado sexualmente por Cinnpie. Ele não especificou a idade de ambos durante o relacionamento que tiveram e disse que também foi assediado por Davon “Promaelia” Crawley, pro player que foi banido do cenário competitivo de Smash. Até o momento, Cinnpie não se pronunciou sobre nenhum dos casos em suas redes sociais.

Nesta quinta-feira (2), o pro player Zack "CaptainZack" Lauth acusou o jogador Nairoby "Nairo" Quezada de manter relações sexuais com ele quando CaptainZack tinha 15 anos e Nairo tinha 20. Além de publicar seu relato sobre o caso, CaptainZack postou uma série de fotos em que descreve para uma terceira pessoa tudo o que aconteceu entre ele e Nairo durante o torneio CEO Dreamland 2017.

O pro player também afirmou que Nairo e o irmão dele deram dinheiro a ele para que ele nunca contasse o que havia acontecido. "Eles usaram uma conta com nome falso no Paypal na esperança de que ninguém conseguisse rastrear o dinheiro", explicou CaptainZack. "Me foi dito que se eu 'fizesse a minha parte' não dizendo nada para ninguém sobre nossas relações, eu receberia ajuda financeira dele".

Segundo o pro player, Nairo começou a oferecer dinheiro a ele após Elliot Bastien "Ally" Carroza-Oyarce, de 29 anos, ter admitido que havia mantido um relacionamento com CaptainZack, quando o jogador ainda tinha 17 anos. Ally deixou o cenário competitivo em 2019. Segundo CaptainZack, Nairo ficou com medo de que alguém comentasse sobre o que havia acontecido entre os dois.

"Estou cansado de viver uma vida de mentiras. Cansado de encobrir os erros de outras pessoas. Eu gostaria de dizer que nunca ameacei Nairo de tornar essa história pública. A única razão pela qual estou dizendo a verdade é porque não posso aguentá-la mais. O estresse de ter essa experiência pesando sobre mim há três anos da minha vida é demais para eu suportar", finalizou CaptainZack.

Nairo se pronunciou sobre o caso em seu Twitter. "Meu comportamento foi errado. Eu estava errado. [...] Ao Zac, eu peço desculpas por fazer você carregar esse fardo durante todos esses anos. Isso não é justo com você. Realmente sinto muito. Estou tirando um tempo para refletir sobre mim e empenhado em procurar ajuda. Preciso ser melhor, crescer e aprender. Como consequência disso, não estarei mais ativo em redes sociais. Eu traí as pessoas que confiaram e dependeram de mim - a equipe da NRG Esports que me ajudou profissionalmente, e mais importante, a comunidade que me apoiou e torceu por mim durante todos esses anos. Eu falhei com vocês. Sinto muito".

Também nesta quinta-feira, o comentarista de Smash Richard “Keitaro” King admitiu ter tido relações sexuais com uma garota de 16 anos que estava alcoolizada durante uma festa em 2018. O próprio comentarista, que na época tinha 30 anos, relatou o que aconteceu e a vítima confirmou o caso. Shiva disse que o tempo todo pensa sobre o que aconteceu e se questiona se a culpa foi dela. "Tudo o que eu quero é ficar sozinha. Foi tudo o que eu quis desde o início".

"Fui um idiota por ter deixado ela beber e estar naquela situação. Independentemente de como qualquer coisa aconteceu, foi minha culpa. Mais uma vez, eu queria ao menos dizer tudo o que aconteceu. Desculpe por ter feito você lidar com isso, Shiva. Quero me desculpar com a comunidade, amigos próximos e qualquer um que me acompanha. Não tenho certeza sobre o que acontecerá agora, mas certamente irei embora por um longo tempo, senão para sempre", escreveu Keitaro, cuja conta no Twitter não existe mais.

Hoje, Joey "MrWizard" Cuellar, presidente e co-fundador da EVO foi afastado de seu cargo após ser acusado de assédio sexual. Em junho, diversos profissionais de jogos como Counter-Strike: Global Offensive, Dota 2 e Destiny foram acusados de assédio sexual e comportamento abusivo, como Grant "GranDgranT" Harris, Lono "SayNoToRage" e Henry "HenryG" Greer.

Se você quiser saber mais sobre o caso do "#MeToo dos games", veja a reportagem completa do IGN Brasil a respeito do movimento, que começou em 2019.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Smash BrosEsports
Mais notícias
Valorant: Fã transforma todos os agentes do jogo em Kirby
Valorant

Valorant: Fã transforma todos os agentes do jogo em Kirby

Riot Games, por favor, torne esta obra-prima real!
Beatriz Coutinho
CS, LoL, CoD e mais: As 10 maiores rivalidades dos esports
Comunidade

CS, LoL, CoD e mais: As 10 maiores rivalidades dos esports

É o Naruto e Sasuke, o Goku e Vegeta dos esportes eletrônicos!
Matheus Oliveira
Smash Ultimate: Min Min, de ARMS, é a próxima lutadora do game
Smash Bros

Smash Ultimate: Min Min, de ARMS, é a próxima lutadora do game

Personagem estará disponível na próxima segunda-feira (29)
Helena Nogueira