Fortnite

Scout e-Sports League é o 1º torneio de escoteiros do Brasil; entenda a iniciativa

Integrantes de todo o Brasil participam de disputas de LoL, Fortnite, Overwatch e mais
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

O código dos escoteiros foi atualizado com sucesso. O Scout e-Sports League é o primeiro campeonato de esportes eletrônicos dos Escoteiros do Brasil. A iniciativa abrangerá os jogos League of Legends, Fortnite, Teamfight Tactics, Overwatch, Hearthstone, Paladins e até Gartic e Stop. De acordo com os organizadores, as competições contarão com 1100 participantes de 22 estados diferentes, no total.

Leia mais:

A competição começou no último final de semana (20 e 21) e continua neste, entre 27 e 28 de junho. A participação foi totalmente gratuita, mas o evento é fechado somente a quem já faz parte de algum grupo de escoteiros.

A logo do campeonato
A logo do campeonato

Idealizador e coordenador geral da iniciativa, Fernando Kobaia conta que a ideia surgiu antes da pandemia da COVID-19. No entanto, quando o isolamento social foi decretado, o torneio fez ainda mais sentido: "O evento se mostrou como uma oportunidade de engajar os jovens de forma divertida e útil em um cenário no qual a realização de eventos e atividades presenciais está suspensa. Além de contribuir para o desenvolvimento de competências como trabalho em equipe, raciocínio lógico, cooperação, tomadas rápidas de decisão e concentração, o Scout e-Sports League também é um momento para os jovens interagirem com escoteiros de todo o país".

Para que os campeonatos funcionassem, a ajuda dos responsáveis dos escoteiros foi de grande importância: "Tivemos uma boa aceitação deles [responsáveis], pois na proposta do evento conseguimos mostrar a relevância que os jogos podem ter para os jovens, auxiliando os responsáveis que estavam um pouco receosos a entenderem e aceitarem a iniciativa".

O Movimento Escoteiro foi fundado em 1907, na Inglaterra. No entanto, apesar de ser algo centenário, ainda há muita dúvida do que se trata, além de estereótipos ultrapassados. Mas Fernando explica exatamente o que é e como ele enxerga o grupo: "O Escotismo é um movimento de educação não formal, no qual crianças e jovens, por meio de atividades, jogos e vivências, desenvolvem cinco áreas de desenvolvimento: intelectual, físico, espiritual, afetivo, social e caráter. Dessa forma, o Movimento Escoteiro ajuda a desenvolver habilidades para a vida em todos os seus associados".

1/2
Foto: Scout/Reprodução
Foto: Scout/Reprodução
Foto: Scout/Reprodução
Foto: Scout/Reprodução

Para se tornar escoteiro é preciso ter entre 6,5 e 21 anos incompletos. A partir da faixa de 21 anos pode-se tornar um adulto voluntário, ajudando jovens a trabalhar as áreas de conhecimento. Em poucas palavras, Fernando resume que o Movimento Escoteiro é basicamente "buscar fazer seu melhor para crescer como pessoa e conseguir ajudar da melhor forma possível o meio onde está inserido".

O mais curioso nesta mistura de esport com escotismo é o encontro de uma prática já considerada antiga com outra extremamente atual. Apesar dessas diferenças de idades, Fernando acredita que um pode contribuir com o outro.

"Mesmo sendo uma nova fase do escotismo, existe muito potencial para que ambos se completem", afirmou. "Afinal, por mais que muitos ainda possam ter uma certa dificuldade em ver, o universo dos esports faz cada vez mais parte da vida dos jovens, influenciando de modo direto a visão de mundo e consequentemente os gostos. Tornando-se um processo constante de adaptação e movimento para que as atividades se mantenham atuais, próximas e interessantes aos jovens. Durante o planejamento do evento, vimos que os jogos podem colaborar para o desenvolvimento de habilidades como trabalho em equipe, raciocínio lógico, comunicação, tomada de decisão, entre outras áreas e competências, que são habilidades amplamente trabalhadas dentro do escotismo".

Se você ficou curioso com a iniciativa e quer assistir às partidas, visite o canal oficial de transmissão do campeonato:

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
A história do fenômeno LOUD: saiba mais sobre a equipe e seus influenciadores
Free Fire

A história do fenômeno LOUD: saiba mais sobre a equipe e seus influenciadores

Afinal, por que os membros da organização ficam tão famosos?
Jairo Junior
Fortnite: Torneio beneficente reúne Emicida, Marcelo D2, Flakes, Patriota e mais
Fortnite

Fortnite: Torneio beneficente reúne Emicida, Marcelo D2, Flakes, Patriota e mais

O Play For Us ajudará oito instituições de trabalhos sociais
Jairo Junior
Fortnite: Os 10 melhores eventos ao vivo do battle royale
Fortnite

Fortnite: Os 10 melhores eventos ao vivo do battle royale

Relembre os eventos que marcaram suas temporadas
Matheus Oliveira