Aproveite para tirar suas dúvidas com um pro player

Quer aprender a melhorar suas configurações no Counter-Strike: Global Offensive para desfrutar de todo o potencial do game? Então confira o guia criado pelo pro player Giovanni "gio" Deniz e sane todas as suas dúvidas!

Configurações de arranque

Para escolher as melhores opções de arranque, temos alguns comandos que eu, Giovanni, julgo serem essenciais. Principalmente, porque isso vai otimizar seu computador da melhor maneira, para quem não quer fazer alterações no Windows.

Por ordem de importância:

“-threads 8”: Utiliza o máximo de threads do seu processador para otimizar o jogo e rodar dedicado. Threads são linhas de execução do seu processador, que normalmente dividem tarefas para o seu computador. Esse comando faz com que o jogo seja totalmente focado.

“-high”: Isso faz com que o CS seja definido como prioridade "alta" na lista de processos do Gerenciador de Tarefas. Esse comando pode enfrentar problemas com antivírus ou aplicativos de banco.

“-nod3d9ex”: Otimiza os dispositivos do D3D9Ex, que é uma versão do DirectX. Este dispositivo facilita a comunicação entre software e hardware, é um comando que ajuda a dar um boost no fps (frames per seconds) e também ajuda no alt+tab pra quem roda o CS em tela cheia.

“+mat_queue_mode 2”: Este comando determina em qual modo seus threads do processador serão usados, sendo eles:

  • -1 para o padrão do sistema
  • 0 para sincronizar individualmente os threads
  • 1 usam os threads em fila
  • 2 usam todos os threads ao mesmo tempo, ou o famoso multi-thread, que é muito útil para jogos online (e o CS não é diferente)

“+fps_max 999”: Esse é só pra liberar o fps, e não ficar travado. Não deixar no 0, porque isso pode ocasionar quedas de fps.

“+cl_forcepreload 1”: Faz um preload dos mapas, pra dar mais firmeza no fps.

“+rate 196608”: Use esse comando caso tenha menos de 6MB de Internet.

“+rate 786432”: Use esse comando caso tenha mais de 6MB de Internet.

  • Melhores configurações in-game

Normalmente, resoluções até 1280x720 não afetam tanto o fps do jogo, portanto só use acima disso se tiver um computador muito bom pra jogo.

- Sobre configurações para performance:

Qualidade das sombras: Baixo

Detalhes dos modelos: Baixo

Efeitos: Baixo

Shader: Baixo 

Renderização multinuclear: Ativado

Antiserrilhado: Nenhum

Modo de filtragem de textura: Bilinear

Antiserrilhado FXAA: Desativado

Sincronização Vertical: Desativado

Motion Blur: Desativado

  • Sensibilidade ideal

Para entender mais sobre a sensibilidade, veja alguns pontos importantes:

- Primeiro ponto é entender DPI, CPI e Hertz

DPI (Dot per inch ou ponto por polegada) = Quanto maior a dpi, maior a velocidade do ponteiro. Isso pode influenciar na sua precisão.

CPI (Counts per inch ou contagem por polegada) = Quanto mais polegadas o mouse encontra por segundo, maior a precisão do seu ponteiro. Um DPI equivale a 2 CPI, ou seja, se você quiser 400 DPI, serão 800 CPI.

Hz (Hertz) = O hertz é a medida de frequência. No mouse o Hertz representa a variação de tempo de resposta do seu periférico. Os valores são comuns entre 500 e 1000hz. Mas tendo em mente que quanto maior a velocidade de hertz, menor a latência, é recomendável deixar sempre em 1000hz.

E também usar abaixo de 1000 DPI (particularmente, recomendo 800).

- O segundo ponto é entender a sua pegada no mouse

Isso pode te deixar com a mão mais leve ou mais pesada, podendo influenciar na sua velocidade de movimentação física. Obviamente, a pegada também é feita de forma automática. Mas sabendo disso, você consegue otimizar seu espaço de tempo.

As pegadas são:

Palm Grip: É a mais comum, em que você apóia e descansa a palma da mão no mouse todo. Deixa a mão um pouco mais pesada, porém é mais confortável. Por isso é tão comumente usada.

Claw Grip: A pegada em forma de "garra", como se você agarrasse o mouse como predador. Somente a ponta dos dedos e o começo da mão tocam o mouse. Deixa a mão mais leve, porém necessita firmeza. Em processo de adaptação, podem ocorrer muitos miss clicks.

Fingertip grip: Essa pegada consiste em usar somente as pontas dos dedos no mouse, isso inclui usar o dedão como base em vez da palma da mão. É a mais instável, na minha opinião, mas também a mais leve pra quem gosta de velocidade.

- Não trocar sua sensibilidade com frequência!

O último ponto (e nem por isso menos importante) é “NÃO TROQUE SUA CONFIGURAÇÃO COM FREQUÊNCIA!”. Toda mudança precisa de adaptação e tudo precisa de tempo. Se você não se acostumar com a mudança, nunca ficará bom, então procure se adaptar.

Se você configurou sua sensibilidade para 1.8, mas está muito alta, não altere para 0.8 de uma vez. Diminua gradativamente, de maneira a ir de 1.8 para 1.6, 1.4, 1.3, 1.14 e etc. Até chegar na que melhor se encaixa com seu estilo de jogo!

Giovanni "gio" Deniz já atuou como coach e hoje é jogador de CS:GO, onde também atua como analista e comentarista do game. Siga-o no Twitter em @gio_fps.


Tags Relacionadas
CS:GO
Guias