Rocket League

Rocket League: Equipe do jogador de futebol Gareth Bale contrata trio brasileiro

Time venceu a 9ª temporada do Grand Series sul-americano
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O trio brasileiro Caio "CaioTG1", Enzo "tander" e Gabriel "caard", pro players de Rocket League, foi contratado pela equipe de esports Ellevens, que pertence ao famoso jogador de futebol galês Gareth Bale.

Leia mais:

CaioTG1, tander e caard faziam parte da equipe de Rocket League da Lowkey, organização que encerrou as atividades no Brasil no início de 2020, alegando problemas financeiros. Após a saída do time, o trio estava jogando com a tag Novus Aevi.

No último sábado (20), o trio brasileiro conquistou o título da 9ª temporada sul-americana do Grand Series, torneio importante no cenário competitivo de Rocket League.

Esta é a segunda vez que a Ellevens contrata pro players brasileiros. O primeiro acordo da organização foi fechado com Pedro Resende, jogador de FIFA.

De acordo com o site da Ellevens, a organização ainda está em busca de jogadores de FIFA, Fortnite, Counter-Strike: Global Offensive e Rainbow Six Siege. E aí, você gostaria de se inscrever para alguma das vagas? Conte para nós nos comentários.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Rocket League
Mais notícias
Rocket League: Organização de David Bechkam anuncia primeira equipe
Rocket League

Rocket League: Organização de David Bechkam anuncia primeira equipe

A Guild Esports deve investir em outras modalidades em breve
Jairo Junior
Rocket League será gratuito para jogar em breve
Rocket League

Rocket League será gratuito para jogar em breve

O jogo estará disponível na Epic Games Store
Matheus Oliveira
Lowkey Esports deve mais de R$ 561 mil em salários e outros pagamentos atrasados, segundo site
Esports

Lowkey Esports deve mais de R$ 561 mil em salários e outros pagamentos atrasados, segundo site

Apuração do TheScore Esports mostrou que organização não paga jogadores e funcionários desde outubro de 2019
Helena Nogueira