League of Legends

RNG vence Fnatic e é a terceira semifinalista do Mundial

Os europeus tentaram respirar, mas a equipe chinesa não permitiu
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A equipe chinesa Royal Never Give Up fez jus ao nome, mostrando experiência e não se abalando com o bom jogo que a Fnatic começou impondo. Com um placar de 3-1, a RNG não se assustou com a reação dos europeus e é a terceira semifinalista do Mundial de League of Legends.


Leia mais sobre LoL:

Em série difícil, SKT vence Misfits e garante vaga nas semifinais do Mundial

Samsung Galaxy vence Longzhu e é a primeira semifinalista do Mundial

Premiação total do mundial ultrapassa R$ 12 milhões


A primeira partida começou com a equipe europeia apostando no desengage com Sivir, Janna e Trundle, ao mesmo tempo que abusava da falta de resistência de Soraka e Tristana na rota inferior da RNG.

Os jogadores europeus da Fnatic não contavam que LetMe e mlxg - topo e selva - tivessem acordado com o pé direito.

Os dois chineses estavam com a cabeça em dia e respostas afiadas, a Sejuani de mlxg parecia se teleportar pelo mapa, marcando presença em todas as rotas, principalmente na rota do topo, o que deixou o Cho’Gath de LetMe gigantesco.

Com a equipe europeia focada em não ser atropelada pelo top laner, a Tristana da RNG só teve que se preocupar em levar todas as torres, chegando até o nexus sem dificuldades.

Os europeus tentaram mostrar que podiam fazer o mesmo com seu jogo, escolhendo Cho’Gath e Sejuani para seu topo e selva - o que tornou-se um erro, pois deixar mlxg com seu Jarvan IV causou um grande estrago.

O atirador da Fnatic, Rekkles, conhecido por sua grande habilidade com diversos campeões, não conseguiu nem mostrar do que sua Vayne era capaz. A equipe chinesa abusou da falta de alcance do campeão inimigo que, mesmo sem morrer e com 2 abates, não conseguiu causar impacto no jogo.

A RNG parecia estar atrás, mas bastou um buff do barão seguido de uma boa luta de equipe para partirem para o final da partida.

A Fnatic sabia que essa partida seria sua última chance, e que se perdessem, estariam fora. A equipe parecia ter voltado renovada.

Os chineses focaram sua composição em não deixar a Tristana ou o Gnar da equipe adversária exercerem seus papéis.

Com Jarvan IV, Cho’Gath, Galio e Morgana, a mensagem era clara, com o combo que impedia o oponente de reação no jogo, com o uso de silence, paralisia e o ultimate do caçador.

Foi exatamente o que aconteceu: mlxg estava destruindo toda e qualquer esperança da equipe europeia, chegando até a parar um salto da Tristana com seu combo de estandarte.

Os europeus não desistiram e carregaram pouco a pouco seu jogo. Com 55 minutos de partida, conseguiram virar e vencer mesmo deixando o atirador adversário com 19 abates.

A Fnatic vinha novamente com o espírito em chamas, mostrado que queria mais duas vitórias e avançar para as semifinais.

Tudo se encaminhava para isso, mlxg com seu Jarvan IV não estava conseguindo mais impor a pressão dos jogos anteriores.

Mas o atirador da equipe chinesa Uzi parece ter ouvido o conselho dos narradores, que vinham dizendo desde a primeira partida que Twitch seria uma boa escolha.

A equipe europeia investiu todo seu ouro em formas de parar o atirador chinês e esqueceram de Corki da rota do meio.

Foi esse o erro que custou a partida e garantiu a vaga dos chineses nas semifinais.

O mid laner europeu investiu com seu Galio sozinho contra a equipe adversária, sem ser acompanhado por ninguém, recuou dos chineses, mas o que não percebeu é que estava fugindo direto para a linha de fogo do Corki.

Os ataques do aviador acabaram com toda a vida do mid laner adversário e também com a do Gnar da rota do topo, que veio para ajudar.

Após isso, bastou o Twitch aparecer a acabar com as esperanças da Fnatic. A RNG matou os cinco e acabou com tudo depois do ace, partindo da segunda torre da rota do meio e parando só no Nexus adversário.

Matheus Rodrigues é redator do Versus e sabia que aquela Vayne ia dar ruim. Siga-o no Twitter em @_omanfred.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Faker faz dois dribles incríveis em partida contra RNG no Mundial 2019
League of Legends

LoL: Faker faz dois dribles incríveis em partida contra RNG no Mundial 2019

Ele é realmente o "Unkillable Demon God"
Beatriz Coutinho
Mundial de LoL 2019: Fnatic faz composição sem campeões de longa distância
League of Legends

Mundial de LoL 2019: Fnatic faz composição sem campeões de longa distância

E as torres? Como derrubar?
Matheus Oliveira
LoL: Com destaque em Lucian e Thresh, Riot publica novo teaser
League of Legends

LoL: Com destaque em Lucian e Thresh, Riot publica novo teaser

O que será que os fãs podem esperar do embate entre os dois?
Lucas Hagui