League of Legends

RNG vence Fnatic e é a terceira semifinalista do Mundial

Os europeus tentaram respirar, mas a equipe chinesa não permitiu
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A equipe chinesa Royal Never Give Up fez jus ao nome, mostrando experiência e não se abalando com o bom jogo que a Fnatic começou impondo. Com um placar de 3-1, a RNG não se assustou com a reação dos europeus e é a terceira semifinalista do Mundial de League of Legends.

Leia mais sobre LoL:

Em série difícil, SKT vence Misfits e garante vaga nas semifinais do Mundial

Samsung Galaxy vence Longzhu e é a primeira semifinalista do Mundial

Premiação total do mundial ultrapassa R$ 12 milhões

A primeira partida começou com a equipe europeia apostando no desengage com Sivir, Janna e Trundle, ao mesmo tempo que abusava da falta de resistência de Soraka e Tristana na rota inferior da RNG.

Os jogadores europeus da Fnatic não contavam que LetMe e mlxg - topo e selva - tivessem acordado com o pé direito.

Os dois chineses estavam com a cabeça em dia e respostas afiadas, a Sejuani de mlxg parecia se teleportar pelo mapa, marcando presença em todas as rotas, principalmente na rota do topo, o que deixou o Cho’Gath de LetMe gigantesco.

Com a equipe europeia focada em não ser atropelada pelo top laner, a Tristana da RNG só teve que se preocupar em levar todas as torres, chegando até o nexus sem dificuldades.

Os europeus tentaram mostrar que podiam fazer o mesmo com seu jogo, escolhendo Cho’Gath e Sejuani para seu topo e selva - o que tornou-se um erro, pois deixar mlxg com seu Jarvan IV causou um grande estrago.

O atirador da Fnatic, Rekkles, conhecido por sua grande habilidade com diversos campeões, não conseguiu nem mostrar do que sua Vayne era capaz. A equipe chinesa abusou da falta de alcance do campeão inimigo que, mesmo sem morrer e com 2 abates, não conseguiu causar impacto no jogo.

A RNG parecia estar atrás, mas bastou um buff do barão seguido de uma boa luta de equipe para partirem para o final da partida.

A Fnatic sabia que essa partida seria sua última chance, e que se perdessem, estariam fora. A equipe parecia ter voltado renovada.

Os chineses focaram sua composição em não deixar a Tristana ou o Gnar da equipe adversária exercerem seus papéis.

Com Jarvan IV, Cho’Gath, Galio e Morgana, a mensagem era clara, com o combo que impedia o oponente de reação no jogo, com o uso de silence, paralisia e o ultimate do caçador.

Foi exatamente o que aconteceu: mlxg estava destruindo toda e qualquer esperança da equipe europeia, chegando até a parar um salto da Tristana com seu combo de estandarte.

Os europeus não desistiram e carregaram pouco a pouco seu jogo. Com 55 minutos de partida, conseguiram virar e vencer mesmo deixando o atirador adversário com 19 abates.

A Fnatic vinha novamente com o espírito em chamas, mostrado que queria mais duas vitórias e avançar para as semifinais.

Tudo se encaminhava para isso, mlxg com seu Jarvan IV não estava conseguindo mais impor a pressão dos jogos anteriores.

Mas o atirador da equipe chinesa Uzi parece ter ouvido o conselho dos narradores, que vinham dizendo desde a primeira partida que Twitch seria uma boa escolha.

A equipe europeia investiu todo seu ouro em formas de parar o atirador chinês e esqueceram de Corki da rota do meio.

Foi esse o erro que custou a partida e garantiu a vaga dos chineses nas semifinais.

O mid laner europeu investiu com seu Galio sozinho contra a equipe adversária, sem ser acompanhado por ninguém, recuou dos chineses, mas o que não percebeu é que estava fugindo direto para a linha de fogo do Corki.

Os ataques do aviador acabaram com toda a vida do mid laner adversário e também com a do Gnar da rota do topo, que veio para ajudar.

Após isso, bastou o Twitch aparecer a acabar com as esperanças da Fnatic. A RNG matou os cinco e acabou com tudo depois do ace, partindo da segunda torre da rota do meio e parando só no Nexus adversário.

Matheus Rodrigues é redator do Versus e sabia que aquela Vayne ia dar ruim. Siga-o no Twitter em @_omanfred.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
CBLoL: Tabela, calendário, horários e mais
CBLoL

CBLoL: Tabela, calendário, horários e mais

Veja todos os detalhes atualizados sobre o 2º Split de 2020
Helena Nogueira
LoL: Aceleração de Habilidade substituirá Redução do Tempo de Recarga
League of Legends

LoL: Aceleração de Habilidade substituirá Redução do Tempo de Recarga

Uma série de itens passarão por mudanças na pré-temporada 2021
Matheus de Lucca
Os maiores times da história de League of Legends
League of Legends

Os maiores times da história de League of Legends

Relembre os elencos que dominaram épocas e metas de LoL
Matheus Oliveira