Review

Review: Avell G1775, um notebook portátil e potente

A força da GeForce RTX 2070 para rodar todos os seus jogos
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell

Notebooks, componentes e periféricos voltados para games competitivos são muito procurados por jogadores que buscam ter melhor desempenho nas partidas. Nesta matéria, o Versus analisou o Avell G1775, um notebook que apresenta uma configuração para aguentar os principais jogos do momento ao máximo. Para fazer um review coerente, utilizaremos três parâmetros: hardware, características e desempenho.

Leia mais:

Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell

Hardware

A estrutura de hardware do Avell G1775 é bem robusta, oferecendo um Intel i7 com arquitetura Coffee Lake, GeForce RTX 2070 e 16 GB de RAM.Com essa configuração, você pode rodar todos os principais títulos dos esports e consegue um setup com desempenho eficiente para acompanhar jogadas rápidas com uma boa responsividade.

Veja as configurações detalhadas a seguir:

  • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce RTX 2070 com 8 GB e GDDR6
  • Processador: Intel Core i7-8750H Coffee Lake com 12MB Cache (2.2 GHz até 4.1 GHz com Intel® Turbo Boost)
  • Memória: Slot duplo com 1x 16 GB de RAM DDR4 com frequência de 2.666 MHz
  • Armazenamento: SSD M.2 de 480 GB
  • Conexão wireless: Intel Dual Band Wireless-AC 9560 com Bluetooth
  • Teclado: Mecânico e retroiluminado (RGB) no padrão ABNT2
  • Tela: IPS 17,3" Full HD, com borda fina e taxa de frequência de 144Hz
  • Dimensões: 39,57 cm x 26,08 cm x 2,74 cm (largura x comprimento x altura)
  • Peso: 2,5 kg
  • Garantia: 3 anos em mão de obra e 1 ano em peças
1/3
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell

Características

Um bom ponto para começar a falar deste notebook é a sua tela com 144Hz, permitindo que você veja os frames que a GeForce RTX 2070 pode processar, com grande impacto em jogos de ação, battle royales e FPS.

Apesar de seu hardware potente, este é um notebook de tamanho médio, com tela de 17,3 polegadas e com apenas 2,5 kg, ou seja, é leve e fácil de carregar.

Esse é um fator importante na hora de tomar a decisão de compra, pois notebooks mais portáteis possuem saídas de ar menores, que resultam em uma maior sobrecarga da ventoinha, gerando mais ruídos e fluxo na saída de ar.

No Avell G1775, este problema pode ocorrer caso as entradas inferiores e saídas de ar laterais estejam obstruídas, então é importante utilizar um suporte e evitar colocar em cima de superfícies quentes, como travesseiros ou o seu próprio colo.

Outra característica que destaca esse notebook como um produto de alta portabilidade é o teclado mecânico retroiluminado, que poupa o transporte de um periférico extra na hora de suas viagens sem afetar na sua jogabilidade. Então é só pegar o seu mouse, colocar na mala e sair para viajar.

Além disso, a opção Office/Gaming mode permite alternar com um clique de botão o consumo de energia do notebook. Ao ativar o Office mode, a placa de vídeo será desativada e o notebook utilizará apenas os recursos básicos, poupando energia para fazer trabalhos do cotidiano.

Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell

Desempenho

Para fazer o acompanhamento do desempenho foram feitos testes de benchmark com os programas AIDA64 e GPU UserBenchmark, teste de frames com o Test UFO e o HWMONITOR para acompanhar a temperatura geral durante os testes com jogos.

Os jogos usados nos testes práticos foram: League of Legends, Dota 2, Counter-Strike: Global Offensive, Rainbow Six Siege, Overwatch, Apex Legends, Fortnite e PlayerUnknown’s Battlegrounds.

É importante lembrar que o teste foi realizado com todas as opções gráficas no máximo, incluindo o recurso de sombras, campo de visão e anti-aliasing - opções que mais afetam o desempenho geral.

League of Legends

  • Temperatura: média de 52°C da placa de vídeo, 74°C do processador e 37°C do disco.
  • FPS: média de 113, com mínimo em 97 e máximas de 130.

CS:GO

  • Temperatura: média de 56°C da placa de vídeo, 70°C do processador e 37°C do disco.
  • FPS: média de 125, com mínima de 117 e máxima de 132

Dota 2

  • Temperatura: média de 65°C da placa de vídeo, 74°C do processador e 38°C do disco.
  • FPS: média de 100, com mínima de 92 e máxima de 109.

Rainbow Six Siege

  • Temperatura: média de 56°C da placa de vídeo, 77°C do processador e 39°C do disco.
  • FPS: média de 130, com mínima de 109 e máxima de 151.
Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell

Overwatch

  • Temperatura: média de 78°C da placa de vídeo, 82°C do processador e 38°C do disco.
  • FPS: média de 109, com mínima de 98 e máxima de 121.

Apex

  • Temperatura: média de 83°C da placa de vídeo, 80°C do processador e 40°C do disco.
  • FPS: média de 74, com mínima de 59 e máxima de 95.

Fortnite

  • Temperatura: média de 84°C da placa de vídeo, 92°C do processador e 41°C do disco.
  • FPS: média de 85, com mínima de 52 e máxima de 103.

PUBG

  • Temperatura: média de 80°C da placa de vídeo, 94°C do processador e 38°C do disco.
  • FPS: média de 75, com mínima de 58 e máxima de 107.


Entre os games analisados, PUBG e Fortnite foram os que mais apresentaram oscilações de frames por segundo com configurações máximas, com quase 50 FPS de diferença do maior ao menor. Enquanto a grande maioria segurou 100 FPS de média durante as partidas.

Apex também apresentou uma oscilação considerável, porém não foi tão brusca quanto a de PUBG e Fortnite. Um ponto importante é que todos os games testados carregaram rapidamente - incluindo PUBG - por conta do SSD de 480 GB e memória RAM de 16 GB.

Imagem: Reprodução/Avell
Imagem: Reprodução/Avell

Já nos testes de benchmark, ambos mostraram um bom desempenho do computador em jogos, seja para carregamento, desempenho gráfico ou animações. Além disso, o teste de frames pelo Test UFO mostrou boa estabilidade por parte do monitor, que consegue manter estável os 144 Hz.

Confira os resultados a seguir:

Test UFO - serviço online que realiza teste de frames

Teste de frames | Imagem: Captura/Test UFO
Teste de frames | Imagem: Captura/Test UFO


AIDA64 - programa que realiza testes de placa de vídeo, memória, cache e disco para detalhar o desempenho

1/3
Teste de placa de vídeo | Imagem: Captura/AIDA64
Teste de placa de vídeo | Imagem: Captura/AIDA64
Teste de disco | Imagem: Captura/AIDA64
Teste de disco | Imagem: Captura/AIDA64
Teste de cache e memória | Imagem: Captura/AIDA64
Teste de cache e memória | Imagem: Captura/AIDA64


GPU UserBenchmark
- programa que analisa o desempenho dos componentes gerais de computadores e notebooks

1/3
Resultado 1 | Imagem: Captura/GPU UserBenchmark
Resultado 1 | Imagem: Captura/GPU UserBenchmark
Resultado 2 | Imagem: Captura/GPU UserBenchmark
Resultado 2 | Imagem: Captura/GPU UserBenchmark
Resultado 3 | Imagem: Captura/GPU UserBenchmark
Resultado 3 | Imagem: Captura/GPU UserBenchmark

Considerações finais

O Avell G1775 apresenta um bom desempenho para quem busca um setup de jogos. Mesmo com as configurações no Ultra ou Alta (dependendo do máximo do game), ele conseguiu mais de 60 FPS em PUBG, Fortnite e Apex Legends, que são mais exigentes, enquanto ultrapassou de 100 FPS nos restantes.

Utilizando configurações mais comuns, sem anti-aliasing e texturas com carregamento padrão, o notebook alcança facilmente os 144 FPS que o monitor consegue transmitir, oferecendo o melhor tempo de resposta para os jogadores, se comparado com displays comuns.

Em outros aspectos, o Avell G1775 apresentou um alto ruído da ventoinha para aumentar o fluxo de ar durante os testes de stress. Mas esse é um fator a se considerar dependendo do que você busca, já que o notebook apresenta aspectos focados para transporte, mas com alto desempenho, resultando em um layout com saídas de ar menores.

Mesmo com temperaturas altas durante stress de processamento ao máximo, o Avell G1775 mostrou um sistema de refrigeração eficiente, que consegue evitar o calor de chegar ao monitor (parte sensível a temperatura) e também refrigera completamente o hardware minutos após o uso, com a ajuda das ventoinhas inferiores.

O teclado mecânico embutido é outro ponto de destaque, pois apresenta rápidas respostas e não é tão barulhento como um teclado mecânico externo.

Como conclusão, o Avell G1775 é um notebook com um desempenho que se iguala ao de um desktop. Os detalhes tornam o setup ideal para quem busca alta qualidade em jogos, mas não pode deixar a mobilidade de lado.

Se você está interessado, o Avell G1775 no setup utilizado nesta análise está disponível na loja oficial da marca, pelo valor de R$ 9.999,90 à vista.



Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
ReviewVersus
Mais notícias
Review: LG UltraGear Gaming Monitor 24", alto desempenho para qualquer estilo de jogo
Review

Review: LG UltraGear Gaming Monitor 24", alto desempenho para qualquer estilo de jogo

Taxa de atualização de 1 ms com Motion Blur Reduction é o maior destaque do display
Lucas Hagui
Review: Logitech G512 Carbon, acabamento refinado e precisão para todos os jogos
Review

Review: Logitech G512 Carbon, acabamento refinado e precisão para todos os jogos

Seja em FPS, battle royale ou MOBA, o desempenho do periférico é ótimo
Lucas Hagui
Review: Avell G1750 MUV, mais processamento para acelerar seus jogos
Review

Review: Avell G1750 MUV, mais processamento para acelerar seus jogos

O seu CS:GO fluindo liso com o Intel Core i7 de 2.6 GHz até 4.5 GHz
Lucas Hagui