Mercado

Red Canids: Por que a Kalunga investiu nos esports

Parceria começou em maio de 2018
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
escreve para o Versus.
Imagem: Red Canids
Imagem: Red Canids

Grandes marcas presentes no nosso dia-a-dia patrocinam times e campeonatos de esportes eletrônicos. Coca-cola, Red Bull e Unilever são alguns exemplos, mas não pense que estas grandes parcerias estão presentes somente no cenário competitivo internacional, o Brasil conta com várias delas, como as gigantes Red Canids e Kalunga.

Leia mais:


Kalunga, o novo membro da Matilha

Anunciada em maio de 2018, a parceria entre Red Canids e Kalunga nasceu graças à João Paulo Garcia, um dos sócios da organização, que também trabalha na maior rede de papelaria e materiais para escritório do país, com a qual ele possui vínculo familiar.

“A Kalunga é da minha família, trabalho lá desde os 15 anos, cuidei da parte financeira nos últimos 10. Paralelamente a isso, um dos meus hobbies era jogar. Em certo momento, comecei a assistir streams e passei a enxergar os esports como um bom mercado, até porque ele é um ótimo meio de divulgação para qualquer coisa, muito mais assertivo que um jornal ou uma revista, já que você tem como falar direto com o seu público” explicou João.

Segundo Michele Auada, gerente de marketing da Kalunga, a rede já estava se interessando pelo mercado dos esports quando João trouxe o assunto para dentro da empresa.

“A gente começou a sentir essa movimentação na indústria, principalmente na de especializados, que estava começando a apresentar para nós linhas de produtos gamer. Aí a gente começou a estudar e viu que esse universo tem linguagem, costumes [...], o que nos fez pensar que a gente precisava se aprofundar nisso, e vimos que não havia nada melhor do que estar dentro desse universo ao lado de um time”.

Os negócios são uma parte fundamental dessa relação e João deixa claro que o patrocínio vai além disso.

“Não procuramos um patrocinador, procuramos um parceiro. Essa é a relação que os times de esports precisam entender. Nossa missão é mostrar como o cenário é estruturado, profissional, que não é uma coisa amadora com um monte de pessoas indo lá jogar e acabou. É um negócio, como qualquer outro esporte e por isso a gente tem que ter parceiros, se o parceiro vai ajudar o time, o time tem que ajudar o parceiro”.

Kalunga não é só mais um logo no uniforme

Enquanto alguns fãs entendem bem qual é o papel de um patrocinador em uma equipe, outros não sabem exatamente qual é o impacto de um grande nome associado à uma organização. O patrocínio funciona como uma via de mão dupla, as empresas dão visibilidade e apoio financeiro uma a outra, fazendo com que ambas cresçam. A parceria não é apenas um logo ao lado do símbolo da Red no uniforme dos jogadores.

Para isso, a Kalunga pretende organizar eventos que unam os pro players e os fãs. Em novembro de 2018, os torcedores tiveram a oportunidade de participar de um Meet & Greet com a equipe de League of Legends da organização, que aconteceu em uma loja da Kalunga no espaço SP Mega Stores, em São Paulo.

Yoda durante Meet & Greet com fãs | Imagem: Red Canids/Reprodução
Yoda durante Meet & Greet com fãs | Imagem: Red Canids/Reprodução

“Hoje, a Kalunga se prepara para ser uma referência para o mercado gamer e os nossos parceiros também, eles começaram a olhar os esports de uma maneira diferente. Começamos a ver um interesse absurdo de outros fornecedores, que têm ou não a ver com games. O pro player ou o jogador que fica em casa têm uma vida paralela ao jogo, eles estudam, trabalham e é aí que também podemos conversar com eles”, explicou Michele.

“Assim como hoje somos referência em material de escritório e escolar, o objetivo é fazer o consumidor gamer pensar ‘Preciso comprar um teclado, vou na Kalunga’”, disse João.

Segundo a gerente, na época do anúncio da parceria, a reação dos fãs foi muito positiva. “Não tínhamos grandes pretensões e a divulgação e repercussão do vídeo que contou a novidade foi muito maior do que a gente imaginava. Recebemos comentários positivos de fãs da Red e de consumidores da Kalunga, além de emails de diversas marcas que quiseram entrar em contato para falar sobre o patrocínio, foi muito legal”.

Esports na ponta do lápis

De acordo com Michele, após a parceria com a Red, a Kalunga apresentou um crescimento de 50% nas marcas e produtos gamers dentro da empresa. “Começamos a investir muito nisso e cada vez mais estamos criando páginas específicas para conquistar esse consumidor, nas quais ele vai conseguir consultar todas as marcas e produtos que precisa”.

“Além disso, estamos estruturando as lojas físicas para que elas consigam atender ao consumidor gamer, para ele entender que vai encontrar uma especialista no que ele precisa”, explicou Michele.

Para Michele e João era muito importante que os fãs da Red recebessem bem a parceria, mas o inverso também: que a Kalunga e todos os seus funcionários soubessem quem era a Red Canids e sua importância.

“Óbvio que sempre que alguém que vai conhecer e alguém que não sabe o que é. Lá, somos uma família e tudo o que fazemos tentamos mostrar pro pessoal de dentro primeiro. Recebi diversos emails de funcionários perguntando ‘Mas o que é esport? Você pode me explicar isso?’. Acredito que lá dentro de casa também começamos bem esse processo, esclarecendo o motivo da empresa entrar nisso, qual era o potencial da parceria, o que é a Red e por aí vai, fomos ensinar as pessoas”, contou Michele.

A gerente de marketing da Kalunga contou que aos poucos ouviu funcionários comentando coisas como “Descobri que meu filho ama a Red Canids”. Algo parecido aconteceu com João. “Conforme os campeonatos aconteciam, às vezes eu passava no escritório, alguém virava pra mim e dizia ‘Pô, a Red venceu ontem, hein!?’. Ainda são poucas, mas estão começando a aparecer”.

Para João, que passa boa parte de seus dias em contato com os times da Red Canids, na gaming house da equipe, o sucesso da parceria está na maneira como a Kalunga conversou com o público do esport. “Ele tem uma linguagem diferente, não adianta fazer uma propaganda na TV, é melhor você falar com um streamer e colocar seu logo na transmissão dele ou falar para ele comentar sobre um produto da loja. Sabemos como e onde estar presentes”.

Bia Coutinho é redatora do Versus. Siga-a no Twitter em @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
Mercado
Mais notícias
Team Vitality e Adidas lançam tênis inspirado nas cores do time
Esports

Team Vitality e Adidas lançam tênis inspirado nas cores do time

Você usaria?
Beatriz Coutinho
Twitch quer "atrair público que ainda não tem" com investimentos em mobile
Mercado

Twitch quer "atrair público que ainda não tem" com investimentos em mobile

A plataforma trouxe mudanças em prol da experiência em celulares
Matheus Oliveira
Overwatch: Escolte a carga com todo o conforto dessa cadeira gamer da D.Va
Overwatch

Overwatch: Escolte a carga com todo o conforto dessa cadeira gamer da D.Va

Coleção da Secret Lab foi anunciada na BlizzCon 2019
Helena Nogueira