Clash Royale

Randall é o grande campeão da BGC de Clash Royale

Jogador desbancou o favorito Leco CR
@felipe.cardoso
Felipe Cardoso
escreve para o Versus.

A segunda edição do campeonato que marcou o início do competitivo brasileiro de Clash Royale aconteceu hoje (12), onde mais de 7000 jogadores participaram das etapas qualificatórias e apenas um deles se tornou o grande campeão.

No ano passado Mandrake foi o campeão brasileiro da BGC, nesta edição ele não conseguiu se classificar para os playoffs. Entretanto quem marcou presença neste ano foram os jogadores do clã Caju.

Além de todas as dificuldades de enfrentar grandes jogadores na etapa presencial, os finalistas também enfrentaram um novo meta. Com uma atualização adicionada recentemente, algumas cartas voltaram a aparecer e alguns decks foram modificados.

A grande final foi surpreendente, Leco é um jogador muito experiente e vem de bons resultados em outros torneios. Contudo Randall não mediu forças contra seu adversário e com um 3 a 0 convincente, garantiu o título da BGC de 2017.


Premiação

1º Randall - R$3 mil + brindes

2º Leco CR - R$2 mil + brindes

3º DelaCruz - Brindes


O campeonato foi muito concorrido e as partidas foram imensamente equilibradas, onde mesmo com um novo meta os participantes se adaptaram muito bem. Confira as cartas e decks mais utilizados nos playoffs e já se inspire nelas para conquistar mais troféus nos seus jogos!


Cartas mais utilizadas

  • Goblins - 85,7%
  • Tronco - 85,7%
  • Veneno - 81,0%
  • Golem de gelo - 76,2%
  • Morcegos - 71,4%


Os Goblins voltaram muito forte com o buff na velocidade de ataque da carta, já o Tronco e o Veneno sempre foram os feitiços mais utilizados nos campeonatos.

Decks mais utilizados

  • Log bait - 33,3%
  • Miner Poison - 28,6%
  • Cemitério - 23,8%
  • Corredor - 19,0%
  • Lavaloon - 19,0%


Com o potencial dos goblins e a nova modificação no cemitério, o Log bait e os decks de Cemitério ganharam muita força e mostraram-se aptos ao meta atual, com uma ótima rotação e um bom poder ofensivo.


Felipe Cardoso é analista do Versus e amante de jogos de FPS. Siga-o no Twitter em @felpyyy

Tags Relacionadas
Clash RoyaleBGS
Mais notícias
Brasil Game Cup passa a se chamar BGS Esports
BGS

Brasil Game Cup passa a se chamar BGS Esports

A mudança contará já para a edição deste ano da Brasil Game Show
Matheus Oliveira
Clash Royale: Conheça a história de Wen, pro player da paiN Gaming
Clash Royale

Clash Royale: Conheça a história de Wen, pro player da paiN Gaming

O brasileiro disputou a Clash Royale League, nos EUA
Lucas Hagui
Clash Royale: Atualização traz 1ª temporada e Passe Royale com recompensas
Clash Royale

Clash Royale: Atualização traz 1ª temporada e Passe Royale com recompensas

Update de julho já está disponível para Android e iOS
Jairo Junior