Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Relembre cinco jogadas que parecem mentira de tão incríveis

Só parecem!
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: Ubisoft/Reprodução
Foto: Ubisoft/Reprodução

O cenário nacional de Rainbow Six: Siege é um dos mais fortes e respeitados do mundo, muito pela agressividade que os jogadores têm dentro de jogo. Este mesmo estilo proporciona diversos lances incríveis e memoráveis. Então, neste 1º de abril, confira abaixo cinco jogadas de brasileiros no R6 que parecem até mentira de tão boas que foram.

Leia mais:

5K de Nesk na semifinal regional da 1ª temporada da Pro League 2017

Uma das jogadas mais famosas do cenário aconteceu no confronto entre Black Dragons e paiN Gaming, que disputavam uma das semifinais da região latino-americana na Pro League. O time vencedor estava classificado automaticamente para as finais mundiais, que aconteceriam em Katowice, na Polônia.

O placar geral estava 2 a 2 e as equipes estavam no mapa derradeiro que decidiria tudo. Quando a BD estava vencendo o quinto mapa por 2 a 1, o terceiro ponto já parecia realidade já que André "Nesk" Oliveira ficou sozinho contra cinco jogadores adversários. Com muita frieza e habilidade, Nesk levou o seu time à loucura, garantiu o ponto e, posteriormente, a vaga em Katowice.

O highlight acontece a partir de 02:02:26, no vídeo abaixo:

C4 de ziG garante 4K em Atlantic City

Em maio de 2018, a Team Liquid fez história ao ser campeã das finais mundiais da Pro League, em Atlantic City, após desbancar a até então imbatível PENTA Sports. O feito conquistado na sétima temporada do torneio é o único título mundial do país. A jogada memorável, no entanto, aconteceu um pouco antes disso, na semifinal contra a Millenium.

A Liquid já tinha despachado a australiana Fnatic e seguia em busca do título, já abrindo 3 a 0 no primeiro mapa da disputa contra os franceses. Após muito estudo na rodada, Nesk foi o responsável por eliminar o primeiro adversário. Com pouco tempo, a Millenium forçava a entrada no bomb, enquanto Leo "ziG" Duarte abateu o primeiro oponente e incapacitou o segundo. Neste momento, os outros dois europeus tentaram levantar o companheiro caído até que, com uma ótima C4, ziG atingiu os três, garantiu o 4K e levou a Liquid ao map point.

O lance acontece a partir de 21:19 no vídeo abaixo:

Ace de Astro levou o público à loucura

Em novembro de 2018, o Rio de Janeiro recebeu as finais mundiais da oitava temporada da Rainbow Six Pro League. Nesta edição, a FaZe Clan chegou à final e ficou com o vice-campeonato, derrotada na decisão pela G2 Esports.

Naquele evento, logo o primeiro compromisso da equipe brasileira, contra a Mock-It, já ficou marcado na história do torneio. Os europeus abriram 5 a 1 e precisavam apenas de um ponto para garantir o primeiro mapa. Após uma sequência fantástica, a FaZe Clan diminuiu a diferença para 5 a 4 e, se garantisse o último round, levaria o duelo para a prorrogação. Foi quando a estrela de Leonardo "Astro" Luis brilhou e eliminou todos os adversários, para festa da torcida presente na Jeunesse Arena.

O lance acontece a partir de 1:52:58 no vídeo abaixo:

Sexycake e a melhor jogada dos eSports em 2019

Em 2019, a Team Liquid foi a única equipe brasileira que se garantiu nos playoffs do Six Invitational. Após perderem a primeira partida para a Mock-It e vencer os sul-coreanos da Mantis FPS, a Cavalaria precisava se vingar dos alemães para ir ao palco principal do campeonato. Com um clutch espetacular - que garantiu o prêmio de jogada do ano no Esports Awards - Thiago "Sexycake" Reis conquistou a classificação para o seu time. 

Empatados em mapas, as equipes foram para o terceiro palco, que definiria o confronto e a classificada para os playoffs. Com 6 a 5 no placar e a necessidade de garantir o último round, a Team Liquid se viu em desvantagem quando Sexycake ficou sozinho contra três adversários. Com calma e experiência, ele eliminou os oponentes de forma espetacular e fechou o duelo.

5K de Pino na final do Six Invitational 2020

O Brasil chegou perto do maior título do Rainbow Six em 2020. Com entrosamento e boas apresentações individuais, a Ninjas in Pyjamas chegou à final contra a Spacestation Gaming. Por ser campeã da chave dos vencedores, a SSG tinha um mapa de vantagem na decisão, mas mesmo assim a NiP correu atrás e, por detalhes, foi derrotada por 3 a 2. Considerado pelos fãs como MVP da final, Gabriel "Pino" Fernandes foi o grande destaque dos brasileiros no torneio, com destaque para o ACE impressionante que realizou no terceiro mapa da decisão.

Os Ninjas já tinham vencido um mapa na série e as equipes estavam empatadas em Mansão - o terceiro da disputa. No ataque, os representantes do Brasil concentraram suas estratégias diretamente no bomb. Assim como em todo o torneio, Pino demonstrou uma mira afiada, fez ótimas caçadas e eliminou todos os adversários, colocando os Ninjas em vantagem no placar.

Além destas citadas, que outras jogadas vocês não acreditaram quando assistiram? Relembre com a gente aqui em baixo, nos comentários.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Rainbow Six: Ninjas in Pyjamas é campeã do Six Major Latam
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Ninjas in Pyjamas é campeã do Six Major Latam

Equipe não perdeu nenhuma série ao longo do campeonato
Beatriz Coutinho
Brasileirão Rainbow Six: Tabela, calendário, horário e mais sobre o BR6
Rainbow Six Siege

Brasileirão Rainbow Six: Tabela, calendário, horário e mais sobre o BR6

Veja todos os detalhes atualizados sobre o 1º turno do BR6 2020
Beatriz Coutinho
BR6 2020: Clássico entre Team Liquid e FaZe Clan encerra o primeiro turno
Rainbow Six Siege

BR6 2020: Clássico entre Team Liquid e FaZe Clan encerra o primeiro turno

Veja curiosidades e o que os jogadores de ambos os times pensam sobre o duelo
Matheus de Lucca