Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Novo circuito competitivo e fim da Pro League são anunciados

Ubisoft assumirá os torneios profissionais de 2020 e 2021
@Foxer_JJ
Escrito por
Jairo Junior

Foto: Game XP/Reprodução
Foto: Game XP/Reprodução

O circuito competitivo de Rainbow Six: Siege (R6) foi completamente reformulado. Dentre as grandes novidades estão a volta de torneios, a reformulação de alguns existentes e também novos que chegarão para compor o calendário. Ao mesmo tempo, para que tu isso acontecesse, algumas despedidas precisaram ser feitas, como é o caso da ESL Pro League que não existirá mais no jogo. Todas estas revelações e mais algumas aconteceram nesta quarta-feira (20).

Leia mais:

A reformulação começou com uma regionalizações de América Latina, América do Norte, Europa e Ásia-Pacífico. Cada um desses locais terão particularidades para que as cenas sejam atendidas da melhor forma possível. Juntamente a isto, as regiões compartilharão um calendário internacional, o qual definirá os melhores do mundo.

Na América Latina, o principal torneio nacional é o Brasileirão de Rainbow Six (BR6). Ele terá dois turnos em 2020, sendo o primeiro entre julho e agosto e o segundo entre setembro e outubro. Por lá acontecerão três partidas por dia no formato melhor de dois, nas quintas, sábados e domingos, a partir das 13h, com transmissão ao vivo dos canais da Rainbow Six Esports Brasil na Twitch e no YouTube.

Em novembro, no fim da fase regular, os quatro times que tiverem somado mais pontos nos dois turnos da competição estarão classificados para as finais. Enquanto isso, o último colocado da temporada regular buscará a chance de se manter na elite do Rainbow Six Siege brasileiro em partida contra o campeão da Série B. A expectativa é que os jogos da primeira etapa sejam presenciais na Max Arena, enquanto a final aconteça em uma arena que comporte milhares de torcedores, mas tudo dependerá da situação do coronavírus no Brasil.

Os 10 times confirmados são os seguintes:

  • Team Liquid
  • Faze Clan
  • Ninjas in Pyjamas
  • MIBR
  • Black Dragons
  • INTZ
  • Team oNe
  • FURIA
  • Santos e-Sports
  • W7M Gaming
Foto: Ubisoft/Reprodução
Foto: Ubisoft/Reprodução

Na América Latina, além do BR6, também acontecerão o Campeonato Mexicano e o Sul-Americano, que terá a participação de times de Chile, Argentina, Peru e Colômbia. Todos eles - incluindo o Brasileirão - se encontrarão na Copa Elite Six, torneio presencial que dará vagas diretas aos Majors.

A Copa Elite Six contará com oito times em cada temporada. Cinco virão diretamente do Brasileirão, dois Campeonato Mexicano e um do Campeonato Sul-Americano. Serão duas temporadas da Copa Elite Six em 2020, uma em agosto e a outra em outubro, sempre precedendo os Majors.

“Este será o maior ano do Rainbow Six Siege em relação a eventos, participantes e patrocinadores. 2020 e 2021 ficarão marcados como o período de crescimento e consolidação da modalidade, para chegar ao mesmo nível de outros grandes esportes tradicionais. A expectativa é que este novo calendário dê oportunidades para os cenários regionais se desenvolverem e ficarem cada vez mais fortes, além de aumentar a visibilidade dos talentos de cada local. Para o Brasil, nosso objetivo a longo prazo continua o mesmo: fazer com que o país permaneça como uma das maiores potências do cenário competitivo mundial de Rainbow Six Siege”, afirma Bertrand Chaverot, diretor geral da Ubisoft para América Latina.

Foto: Ubisoft/Reprodução
Foto: Ubisoft/Reprodução

Em vídeo, a Ubisoft abordou toda a temática do novo circuito competitivo. A empresa também falou mais dos Majors e do Six Invitational. Neste ano acontecem três Majors (maio, agosto e novembro), enquanto o Invitational fica para 2021, em fevereiro.

Confira abaixo o calendário da temporada e também o vídeo promocional do renovado Circuito de R6:

Foto: Ubisoft/Reprodução
Foto: Ubisoft/Reprodução

Ainda falando da elite do R6 nacional, a notícia que não agradou muitos foi o fim da Pro League. O torneio era adorado pelos fãs, que por pouco não tiveram a última final no Brasil, em São Paulo. Entretanto, devido ao surto de Covid-19, o evento foi cancelado e ficou apenas nos sonhos dos amantes do shooter da Ubisoft.

A ESL internacional também comentou sobre o assunto, por um comunicado em Inglês. Nele a empresa fala dos feitos que conseguiu e também agradece a todos os fãs e profissionais que participaram de alguma forma desta jornada. Além disso, eles também afirmam que ainda terão participação no jogo nas região Ásia-Pacífico, em parceria com a própria Ubi.

As novidades anunciadas não ficaram apenas para as maiores equipes do país. A partir de agora, terão três caminhos para alcançar o topo do cenário brasileiro. O primeiro será por meio da Liga Six e da Série B. A Liga Six é a porta de entrada para o cenário competitivo e contará com três torneios mensais em maio, junho e julho. Cada uma delas terá pontuação baseada no sistema suíço e será aberta a todas as equipes interessadas com jogadores acima de 16 anos. Ao final dos três torneios, os oito times que somarem mais pontos estarão classificados para a Série B do Brasileirão Rainbow Six 2020.

Já a Série B será disputada em turno único, em que todos os times se enfrentam. Os quatro melhores se classificarão para a fase final do campeonato. Após duas semifinais e a grande decisão, a equipe campeã enfrentará o último colocado da série A do BR6 2020 na “Partida de Promoção” que está marcada para o dia 22 de novembro e que decidirá uma vaga para a série A do BR6 2021.

As inscrições para participar da Liga Six podem ser feitas neste link.

Foto: Ubisoft/Reprodução
Foto: Ubisoft/Reprodução

As outras duas maneiras de chegar à elite do Rainbow Six no Brasil serão por meio de duas novidades: R6 Academy e Draft.

A R6 Academy é o projeto que tem como objetivo o desenvolvimento da base de atletas e a descoberta de novos talentos para o cenário. Desta maneira, as equipes que disputam a série A do Brasileirão poderão contar com suas as próprias line-ups Academy. Os times Academy estarão aptos a disputar a Liga Six e a Série B, mas não podem ascender à divisão principal do torneio. Durante as janelas de transferências, os jovens jogadores poderão ser promovidos ao time principal da sua respectiva organização ou negociados com outras organizações.

Já o Draft usará um sistema parecido com o da NBA, a liga norte-americana de basquete. O evento ocorrerá em dezembro e janeiro e dará a oportunidade para as equipes de R6 do Brasileirão de selecionarem promessas da modalidade. Para os jogadres que quiserem participar, estes devem preencher um formulário de inscrição e não possuírem contrato válido com nenhuma organização.

“O sistema de draft vai oferecer a oportunidade para que novas promessas, ou talentos ainda não reconhecidos, encontrem o seu espaço como atletas de R6. Os jogadores selecionados terão ao menos um ano de experiência dentro de uma organização profissional, com toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento de sua carreira no cenário competitivo de Rainbow Six Siege”, reforça Marcio Canosa.

A cerimônia acontecerá em uma noite de gala que está marcada para janeiro. Os dez escolhidos serão anunciados pelas equipes em duas rodadas, em que cada organização pode selecionar um jogador. Os seis primeiros picks estão reservados para times que não se classificaram para os playoffs do Brasileirão. A posição de cada um será definida em sorteio com probabilidades diferentes de acordo com a respectiva colocação final no BR6. O processo se repetirá na segunda rodada, apenas com os quatro melhores classificados do torneio nacional na edição anterior.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Rainbow Six Siege
Mais notícias
Brasileirão Rainbow Six: Tabela, calendário, horário e mais sobre o BR6
Rainbow Six Siege

Brasileirão Rainbow Six: Tabela, calendário, horário e mais sobre o BR6

Veja todos os detalhes atualizados sobre o 1º turno do BR6 2020
Beatriz Coutinho
BR6 2020: Clássico entre Team Liquid e FaZe Clan encerra o primeiro turno
Rainbow Six Siege

BR6 2020: Clássico entre Team Liquid e FaZe Clan encerra o primeiro turno

Veja curiosidades e o que os jogadores de ambos os times pensam sobre o duelo
Matheus de Lucca
Rainbow Six: NiP, Liquid e Team One garantem vaga no Six Major regional
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: NiP, Liquid e Team One garantem vaga no Six Major regional

Ainda resta uma vaga a ser definida
Beatriz Coutinho