Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Faze quebra regra e perde mapa para Liquid na final do BR6

Operador Warden, escolhido pela equipe, ainda está proibido no competitivo
@barbara.gutierrez
Barbara Gutierrez
é reporter no Versus.
Foto: Ubisoft Brasil/Saymon Sampaio
Foto: Ubisoft Brasil/Saymon Sampaio

A Team Liquid e a FaZe Clan mostraram um altíssimo nível competitivo na grande final do Brasileirão de Rainbow Six: Siege, realizada neste domingo (28) durante a Game XP, no Rio de Janeiro. Os fãs presenciaram grandes emoções nos jogos: até mesmo uma regra da competição foi quebrada no calor do momento, resultando na derrota de um mapa da Faze para a Liquid.

Leia mais:

A decisão é realizada no formato melhor de cinco partidas, sendo assim, a equipe campeã é aquela que vencer três mapas. Quando o placar do BR6 marcava 2 mapas a 1 na final, a FaZe precisava vencer apenas mais um mapa.

Sendo assim, no quarto mapa (Litoral), cuja pontuação de rounds era de 6 a 4 a favor da Liquid, a equipe da FaZe acabou se enganando e escolheu o operador Warden como sexto pick - atualmente proibido em competições oficiais. Por conta do livro de regras, a FaZe perdeu um round instantaneamente e acabou dando o mapa para a Liquid.

Veja o momento abaixo:

O Brasileirão de Rainbow Six: Siege teve sua temporada no início de setembro de 2018 e ofereceu R$ 350 mil de premiação total.

Assista à transmissão completa no canal oficial do torneio abaixo:

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Barbara Gutierrez é editora chefe do Versus. Siga-a no Twitter em @bahgutierrez.

Mais notícias
Rainbow Six: Liquid, NiP e MIBR caem no mesmo grupo do Six Invitational
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Liquid, NiP e MIBR caem no mesmo grupo do Six Invitational

Comunidade questionou a ESL por conta da distribuição dos times
Beatriz Coutinho
Rainbow Six: Lagonis é o novo jogador da Black Dragons
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Lagonis é o novo jogador da Black Dragons

Jogador completou18 anos e agora pode competir profissionalmente sem restrições
Jairo Junior
Lowkey Esports deve mais de R$ 561 mil em salários e outros pagamentos atrasados, segundo site
Esports

Lowkey Esports deve mais de R$ 561 mil em salários e outros pagamentos atrasados, segundo site

Apuração do TheScore Esports mostrou que organização não paga jogadores e funcionários desde outubro de 2019
Helena Nogueira