Rainbow Six Siege

R6S: D1OGO é retirado da BRK eSports por cobrar melhores condições de trabalho

A organização ainda não se pronunciou sobre o assunto
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
escreve para o Versus.
© Reprodução
© Reprodução

Na última quinta-feira (5), o jogador brasileiro Diogo "D1OGO" Vieira foi expulso da equipe de Rainbow Six Siege da organização BRK. Segundo relato de jogadores nas redes sociais, o pro player foi retirado do time por reivindicar seus direitos, como melhores condições de trabalho.

Leia mais:

No Twitter, D1OGO disse que a comunidade não fica sabendo dos problemas que acontecem nos bastidores do cenário.

Os colegas de D1OGO também se manisfestaram nas redes sociais, mostrando preocupação com o futuro da equipe e ficando ao lado do pro player.

Esta não foi a primeira vez que a BRK foi criticada por conta de como gere a organização e diversas acusações de falta de pagamento foram feitas:

Até mesmo funcionários da organização estão reclamando sobre seus direitos, utilizando as vias de comunicação oficiais do clube.

Até a publicação desta nota, a BRK eSports não se pronunciou sobre o que aconteceu. O Versus entrou em contato com a BRK e o D1OGO, mas ainda não obteve respostas.


Bia Coutinho é redatora no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Rainbow Six Siege
Mais notícias
Rainbow Six: xSexyCake é indicado a melhor jogada do ano do Esports Awards
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: xSexyCake é indicado a melhor jogada do ano do Esports Awards

A cerimônia dos vencedores acontece em novembro
Beatriz Coutinho
Rainbow Six: FaZe e NiP se classificam para as finais da Pro League S10
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: FaZe e NiP se classificam para as finais da Pro League S10

As duas equipes venceram seus respectivos confrontos nesta penúltima rodada
Matheus Oliveira
Rainbow Six: Empates na 12ª rodada de Pro League S10 aumentam a disputa pela liderança
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Empates na 12ª rodada de Pro League S10 aumentam a disputa pela liderança

A disputa pela vaga nas Finais da Pro League está cada vez mais acirrada
Matheus Oliveira