Rainbow Six Siege

R6: “Nunca vi uma torcida melhor que essa”, diz RizRaz sobre finais da Pro League

O pro player esteve no Rio de Janeiro para o torneio internacional
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Ubisoft/Reprodução
Foto: Ubisoft/Reprodução

A oitava temporada da Pro League de Rainbow Six Siege terminou no último domingo (18), com vitória dos alemães da G2 Esports, com os brasileiros da FaZe Clan em segundo lugar.

A Fnatic foi uma das equipes participantes e terminou na terceira colocação. o Versus esteve presente no evento e conversou com Ethan "RizRaz" Wombwell, pro player do time europeu, que comentou sobre a vida de competidor e o impacto da torcida no torneio realizado no Rio de Janeiro.

Leia mais:

A torcida é considerada sempre um jogador a mais quando grandes eventos são sediados no Brasil. Em Rainbow Six Siege isso não foi diferente: RizRaz comentou que o público foi extremamente impactante e que o momento ficou marcado em sua memória.

"É uma loucura, nunca vi uma torcida melhor que essa", diz o pro player. "Levantar os braços e ver um mar de pessoas gritando, foi o melhor momento da minha vida."

"Nossa região sempre foi vista como a zebra, o time que não deve ganhar, mas chegar às semifinais é um sonho se tornando realidade. Fizemos história para os nossos fãs que estão em casa e para a maior plateia do mundo", completa Ethan.

Foto: Gui Caielli/Reprodução
Foto: Gui Caielli/Reprodução

A falta de um integrante chave

Etienne "Magnet" Rousseau, capitão da equipe europeia, não pôde participar e competir durante a decisão. Jayden "Dizzle" Saunders, técnico da Fnatic, preencheu o lugar do pro player e, mesmo sem o tempo de prática, a performance foi elogiada.

"Sem dúvidas, foi muito difícil jogar com nosso coach no palco, mas o Dizzle deu tudo de si", conta RizRaz. "Ele jogou o melhor Rainbow Six que eu já o vi jogar na vida."

"Queria muito que ele tivesse visto a torcida brasileira, com a ausência de Magnet não perdemos apenas uma roda, mas sim o motor inteiro."

O incentivo

RizRaz é um dos competidores mais jovens no cenário do jogo de tiro da Ubisoft. Com apenas 19 anos, o pro player já participou de muitas competições internacionais e conta que o apoio dos pais custou a vir.

"Sempre quis estar nessa posição. Nunca tive um emprego tradicional e não fui à faculdade, Rainbow Six saiu bem quando terminei meu ensino médio", explica o pro player. "Trabalhei duro e sacrifiquei muitas coisas para estar aqui. Era um sonho que agora estou vivendo."

"Meus pais sempre disseram 'você tem que ir à faculdade', mas assim que decidi seguir essa carreira, eles foram os primeiros a me falar para ir com tudo e dar o meu melhor. No começo, eles não ficaram muito felizes, mas agora eles estão acordando às 4h na Austrália para assistir aos jogos na televisão e torcer, isso é muito importante pra mim."


Perdeu algum momento da Pro League Season 8? Acompanhe todos os detalhes em nosso guia.



Bia Coutinho e Matheus Oliveira são redatores do Versus. Siga-os no Twitter em @biaacoutinhoo e @_matheusF23.

Tags Relacionadas
Rainbow Six SiegeFPS
Mais notícias
Rainbow Six: Team Liquid anuncia HQ mensal com histórias da equipe
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Team Liquid anuncia HQ mensal com histórias da equipe

Histórias mensais ilustrarão a história da line-up
Beatriz Coutinho
Rainbow Six: NiP anuncia chegada de gohaN e pino vai para reserva
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: NiP anuncia chegada de gohaN e pino vai para reserva

O jogador estreará pela equipe na Pro League
Beatriz Coutinho
Rainbow Six: Liquid perde para TSM e é vice campeã da DreamHack Montreal 2019
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Liquid perde para TSM e é vice campeã da DreamHack Montreal 2019

Equipe faturou US$ 15 mil
Helena Nogueira