Rainbow Six Siege

R6: ninexT deixa Pain Gaming para cuidar de problemas familiares

Pro player afirmou que não deixará de jogar
@beatriz.coutinho
Beatriz Coutinho
é reporter no Versus.
Imagem: Gui Caielli/Reprodução0
Imagem: Gui Caielli/Reprodução0

Nesta quarta-feira (5), a Pain Gaming anunciou a saída do pro player Nino "ninexT" Pavolini de sua equipe de Rainbow Six Siege. No Twitter, o jogador explicou aos fãs o motivo da saída.

Leia mais:

No Twitter, ninexT explicou para os fãs que deixou a equipe para voltar para Belo Horizonte, onde poderá ficar perto de sua mãe, mas que não deixará de ser pro player.

"Hey guys, relaxem que eu não vou parar de jogar. Sair da Pain foi decisão minha pra voltar pra BH e ficar perto da minha mãe que tá passando por dificuldades e precisa da minha presença mais do que nunca. Me ofereceram pra jogar por um time da Challenger e eu aceitei por conseguir jogar de casa e ficar perto da minha família", disse o pro player, que agradeceu o carinho dos fãs.

ninexT estava na Pain desde setembro de 2018. A equipe terminou a 8ª temporada da Pro League na 7ª posição e precisou disputar a Relegation do torneio, confronto que venceu e conseguiu garantir sua permanência na liga principal.

De acordo com a página da equipe na ESL, o substituto de ninexT será o pro player Victor "Sm4ll" Felipe.

Bia Coutinho é redatora do Versus. Siga-a no Twitter em @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
Rainbow Six Siege
Mais notícias
Rainbow Six: Liquid, NiP e MIBR caem no mesmo grupo do Six Invitational
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Liquid, NiP e MIBR caem no mesmo grupo do Six Invitational

Comunidade questionou a ESL por conta da distribuição dos times
Beatriz Coutinho
Rainbow Six: Lagonis é o novo jogador da Black Dragons
Rainbow Six Siege

Rainbow Six: Lagonis é o novo jogador da Black Dragons

Jogador completou18 anos e agora pode competir profissionalmente sem restrições
Jairo Junior
Lowkey Esports deve mais de R$ 561 mil em salários e outros pagamentos atrasados, segundo site
Esports

Lowkey Esports deve mais de R$ 561 mil em salários e outros pagamentos atrasados, segundo site

Apuração do TheScore Esports mostrou que organização não paga jogadores e funcionários desde outubro de 2019
Helena Nogueira