eSports

Quer fazer parte do time da McLaren de automobilismo virtual? O Shadow Project mostra como

Essa é a oportunidade de provar suas habilidades automobilísticas
Foto: Reprodução/McLaren
Foto: Reprodução/McLaren

Em 2017, a McLaren anunciou a criação do World Fastest Gamer, um campeonato de esportes eletrônicos que premiou seu vencedor, Rudy van Buren, com um ano de contrato com a escuderia como piloto de simulador. Contudo, a empresa deu sequência ao projeto e noticiou o Shadow Project para este ano, valendo uma vaga direta para o time de automobilismo virtual da entidade.

Leia mais:

O campeão do Shadow Project também pode garantir uma vaga como piloto de simulador da equipe de Fórmula 1 da McLaren, mas para conquistar tudo isso é preciso se provar habilidoso em diversos títulos de simulação de corrida como: Forza Motorsport (Xbox One), iRacing, rFactor (PC) e Real Racing 3 (mobile).

Diferente da primeira edição, o Shadow Project pertence inteiramente a McLaren e o time de automobilismo virtual da fabricante de carros esportivos britânica vai competir com outras oito escuderias da Fórmula 1 na F1 Esports Series.

"Um forte e diverso programa de eSports tem um benefício direto para as ambições de inovação da McLaren, conquistando novas audiências, parcerias e talentos para o automobilismo" diz o CEO da McLaren, Zak Brown.

O Shadow Project dará oportunidades para competidores de todo o mundo, com eventos online nas regiões da China, América Latina e Oriente Médio. Lembrando que para participar, os jogadores devem possuir mais de 18 anos de idade.

As etapas qualificatórias acontecem entre agosto e outubro e as finais serão realizadas em janeiro de 2019. Para mais informações, acesse o site oficial da McLaren e inscreva-se!



Felipe Cardoso é analista do Versus. Siga-o no Twitter em @felpyyy.

Tags Relacionadas
eSports