Street Fighter

Quem são os novos prodígios do competitivo de Street Fighter?

Em um cenário cercado por jogadores antigos, existem jovens que também se destacam
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Street Fighter, como a grande maioria dos fighting games, é conhecido por contar há muito tempo com os mesmos jogadores vencendo as principais competições - são, coincidentemente, pessoas mais velhas que cresceram em fliperamas, e se apaixonaram pelo gênero. Mas nesse mesmo cenário, existem jovens mostrando que a nova geração também possui muito talento.

Pensando nisso, o Versus fez uma lista com novos pro players que estão abalando o cenário!

Leia mais:


Leonardo “MenaRD” Mena

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Em 2017, tivemos uma surpresa na Capcom Cup, o campeonato mais importante de Street Fighter do ano. Hajime “Tokido” Taniguchi era o grande favorito a levar o título, devido à campanha do jogador durante o ano e sua vitória na EVO.

O que poucos esperavam era que o dominicano MenaRD viesse com tanta força e, com apenas 18 anos, levasse o prêmio para casa, deixando Tokido com o segundo lugar. Além do pro player se consagrar como o primeiro campeão latino-americano, também foi o mais jovem a conquistar a Capcom Cup!

Mena apareceu para o cenário competitivo em 2016, e hoje é, merecidamente, considerado um dos melhores jogadores do mundo.


Du “NuckleDu” Dang

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O norte-americano brilha no cenário competitivo dos EUA desde 2014, quando tinha apenas 17 anos. Na época, ele já conquistou o 9º lugar na Capcom Cup.

Hoje, NuckleDu é membro da Team Liquid, uma das maiores organizações de eSports do mundo, e coleciona diversos títulos - entre eles, o de campeão da Capcom Cup em 2016.

No ano seguinte, NuckleDu continuou com sua campanha de sucesso, conquistando a 5ª colocação na EVO, e o 3º lugar no ranking mundial do circuito profissional de Street Fighter.


Takeuchi “John Takeuchi” Ryota

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Takeuchi é um novo expoente do cenário competitivo do Japão, berço dos principais jogadores de Street Fighter da história.

O jovem de apenas 19 anos compete desde 2016, e naquele ano já estava decidido a enfrentar bons oponentes pelo mundo, viajando para diversos países em busca de boas competições.

Takeuchi chegou até a competir no First Attack, em Porto Rico, do qual saiu campeão logo em sua estreia.

Em 2018, o japonês mostrou que vai continuar em sua jornada para ser o melhor, alcançando o segundo lugar na EVO Japão, vencendo grandes nomes como Ryota “Kazunoko” Inoue e Lee “Infiltration” Seon-woo.

Carisma não falta para o jovem Takeuchi, já que assim como o brasileiro Renato “DidimoKOF” Martins, o japonês também comemora suas grandes vitórias imitando a pose de seu personagem favorito, Rashid.


Victor “Punk” Woodley

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Punk é um dos jovens jogadores mais queridos nos EUA. Com apenas 18 anos, apareceu de surpresa no cenário, já mostrando a que veio.

Em 2016, decidiu se aventurar no mundo das competições no fim do circuito, em novembro, e conquistou a 3ª colocação no Red Bull Battle Grounds, principal campeonato norte-americano de Street Fighter.

No ano seguinte, Punk já era comparado a lendas, vencendo grandes nomes como Kazunoko, e chegando às finais da EVO, o campeonato mais disputado do mundo.

A partir daí, o norte-americano colecionou vitórias e títulos, ficando com extrema vantagem na primeira colocação do ranking no circuito profissional de Street Fighter.


Mesmo que os jogadores mais velhos e conhecidos deixem de competir, sabemos que Street Fighter está em boas mãos!


Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Street FighterComunidade
Mais notícias
Street Fighter: Brasil é um dos selecionados para o Intel World Open 2020
Street Fighter

Street Fighter: Brasil é um dos selecionados para o Intel World Open 2020

As qualificatórias para o torneio começam em março
Beatriz Coutinho
Street Fighter 5 terá novo modo de torneios online em breve
Street Fighter

Street Fighter 5 terá novo modo de torneios online em breve

Várias novidades de Halloween também estão por vir
Matheus Oliveira
Street Fighter: Momochi perde mais de 85% da premiação por não ter licença de pro player
Street Fighter

Street Fighter: Momochi perde mais de 85% da premiação por não ter licença de pro player

O japonês recebeu apenas cerca de US$ 560 dos mais de US$ 46 mil do torneio da Tokyo Game Show
Beatriz Coutinho