PUBG

PUBG: Rustyzera deixa JUDAS e é o novo integrante da Brazilian Crusaders

A BRC está preparando a line-up de 2019
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

O jogador Alan "Rustyzera" Alves foi anunciado no último sábado (2) como o mais novo reforço na equipe de PlayerUnknown's Battlegrounds da Brazilian Crusaders. O pro player atuava na JUDAS desde maio de 2018.

Leia mais:


Jogando na JUDAS, Rustyzera participou de grandes torneios nacionais de PUBG, como a 2ª temporada da Copa IGN de PUBG, a qualificatória sul-americana da DreamHack Austin PUBG Showdown 2018, a LPE FK Superleague S1, a ESL Brasil Premier League S1 e a ESL LA League S1.

A BRC ficou com uma vaga disponível após a saída do jogador Marcos "v1n1" Vinicios, que deixou a equipe para entrar na Promessas.Com a chegada de Rustyzera, a Brazilian Crusaders está com a seguinte line-up:

  • Victor "Raspu" Oliveira
  • Andrey "and1FPS" Henrique
  • Igor "rogi" Oliveira
  • Alan "Rustyzera" Alves


Em outras notícias do competitivo do game, a PUBG Corp anunciou o Pro Circuit Latino-Americano, acompanhado da divulgação das regras globais para o cenário competitivo. Os detalhes oficiais do torneio ainda serão divulgados, junto com a data de início e equipes participantes.



Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
PUBG
Mais notícias
PUBG: Compras in-game terão parte do lucro revertido em premiação do Mundial
PUBG

PUBG: Compras in-game terão parte do lucro revertido em premiação do Mundial

Os times não receberão mais parte do lucro
Matheus Oliveira
PUBG Mobile: Mais de 2 mil contas são banidas por 10 anos após uso de trapaças
PUBG

PUBG Mobile: Mais de 2 mil contas são banidas por 10 anos após uso de trapaças

Esta não é a primeira vez que os cheaters recebem punições do gênero
Matheus Oliveira
CS:GO atinge maior pico de jogadores da história e torna-se maior jogo do Steam
CS:GO

CS:GO atinge maior pico de jogadores da história e torna-se maior jogo do Steam

Com o recorde, o game ultrapassou PUBG e Dota 2
Matheus de Lucca