PUBG

PUBG: BlueHole processa criadores de cheats; multa excede US$ 5 milhões

No total, 15 pessoas foram autuadas por ligações com o software ilegal
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução/PUBG
Foto: Reprodução/PUBG

Em nota via Steam, a BlueHole, desenvolvedora de PlayerUnknown's Battlegrounds, informou que conseguiu tomar ações legais contra 15 pessoas com ligações aos cheats de PUBG na China, somando mais de US$ 5 milhões em multas.

Leia mais:

Junto aos desenvolvedores de trapaças, pessoas que vendiam e armazenavam os programas para distribuição também estão entre os suspeitos indiciados.

Além de fazer mal ao jogo, o software ilegal também prejudicava os usuários, pois todos possuem um malware chamado "Huigezi Trojan Horse", que controla o computador e coleta dados pessoais para fins desconhecidos.

Por fim, a BlueHole ainda menciona que continua no trabalho para impedir os criadores de trapaças e que mais medidas legais estão sendo tomadas via investigação.

É importante ver como a empresa por trás de PUBG lida com tal situação, pois isso ajudará a criar um cenário competitivo forte. Um exemplo foi a punição à um pro player da OpTic Gaming que usou de glitch na IEM Katowice 2018.



Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
PUBG
Mais notícias
PUBG: Compras in-game terão parte do lucro revertido em premiação do Mundial
PUBG

PUBG: Compras in-game terão parte do lucro revertido em premiação do Mundial

Os times não receberão mais parte do lucro
Matheus Oliveira
PUBG Mobile: Mais de 2 mil contas são banidas por 10 anos após uso de trapaças
PUBG

PUBG Mobile: Mais de 2 mil contas são banidas por 10 anos após uso de trapaças

Esta não é a primeira vez que os cheaters recebem punições do gênero
Matheus Oliveira
CS:GO atinge maior pico de jogadores da história e torna-se maior jogo do Steam
CS:GO

CS:GO atinge maior pico de jogadores da história e torna-se maior jogo do Steam

Com o recorde, o game ultrapassou PUBG e Dota 2
Matheus de Lucca