Overwatch

Proteção, cura e tudo que há de bom: Como Brigitte pode mudar o competitivo de Overwatch

Olha só como ela vai!
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Brigitte, a última heroína a ser lançada em Overwatch, possui um dos conjuntos de habilidades mais versáteis já vistos no game. A personagem tem potencial para ser extremamente impactante fazendo surgir a dúvida: como a suporte pode mudar o competitivo?

Leia mais:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Cura, escudo, armadura e muito dano

Antes mesmo ser disponibilizada oficialmente no game, Brigitte já ditava o ritmo de muitas partidas no servidor de testes do FPS da Blizzard.

A heroína traz consigo recursos que a transformam em uma completa arma pronta para qualquer situação.

Brigitte é classificada como Suporte e junta diversas habilidades que deixam claras as influências de Torbjörn e Reinhardt, já que ela possui escudo, oferece armadura, aumenta a velocidade de movimento e até cura seu aliados.

Graças a esses fatores, a personagem mudou a maioria das escolhas dentro dos confrontos, alterando as tradicionais composições e trazendo de volta clássicas formações para partidas online, como a de triplo tanque.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

E no cenário competitivo?

Brigitte só poderá ser usada nas filas ranqueadas do game a partir da próxima temporada, e promete mudar muito do que é visto atualmente no metagame... Tanto nas partidas online quanto nos campeonatos.

Ainda não foi confirmado se a heroína poderá ser utilizada já na próxima fase da Overwatch League, que começa nesta quarta-feira (4), mas a personagem estará disponível no Overwatch Contenders assim que receber seus balanceamentos, já que o torneio acompanha as atualizações globais.

A chegada de Brigitte às competições deve impactar tanto os pro players quanto os espectadores, que poderão ver o potencial da escudeira ao se aproveitar da sinergia das equipes.

Muitas formações e estratégias vão sofrer mudanças e terão que se adaptar à heroína, que poderá substituir personagens com cura em área, escudos móveis e que aumentam a velocidade de movimento dos aliados - como Lúcio, Orisa e até Reinhardt.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Brigitte = novas composições

O destaque da nova heroína vai para seu potencial de experimentação, trazendo para os jogadores a possibilidade de criar novas composições e variar em estratégias mantendo Brigitte na formação.

Devido a sua capacidade de ser extremamente versátil (curando, aumentando a resistência de sua equipe e protegendo seus aliados), a nova personagem chega em Overwatch para mostrar que é possível explorar o máximo de cada um dos personagens, desde que joguem em grupo.


Você acha que Brigitte pode trazer novos ares para Overwatch?



Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
Overwatch
Mais notícias
Overwatch League: Calendário de 2020 terá jogos em 20 cidades
Overwatch League

Overwatch League: Calendário de 2020 terá jogos em 20 cidades

Cada equipe realizará duas homestands
Beatriz Coutinho
Overwatch: Lowkey é campeã da 2ª temporada da Contenders 2019
Overwatch

Overwatch: Lowkey é campeã da 2ª temporada da Contenders 2019

Equipe conquistou o bicampeonato do torneio
Lucas Hagui
Overwatch: Ana Xisdê analisa Lowkey e Fury, finalistas da 2ª temporada da Contenders
Overwatch

Overwatch: Ana Xisdê analisa Lowkey e Fury, finalistas da 2ª temporada da Contenders

Grande final acontece nesta segunda (19)
Lucas Hagui