Esports

Pro players passam por mesma pressão psicológica que atletas profissionais, diz estudo

Estudo da Universidade de Chichester acompanhou pro players em torneios major
@helenavnogueira
Escrito por
Helena Nogueira

Com o passar dos anos, os esports se tornam cada vez mais próximos de serem considerados modalidades esportivas - e este estudo é um passo nesta direção. No início deste mês de novembro, foi publicada uma pesquisa realizada na Universidade de Chichester, na Inglaterra, que concluiu que pro players passam pela mesma pressão psicológica que atletas profissionais.

Leia mais:

O estudo, o primeiro que analisou este tópico nos esports, foi conduzido pelo professor da disciplina de esporte e psicologia do exercício da Universidade, Dr. Phil Birch. Co-autor do projeto, ele acompanhou e analisou o comportamento de sete pro players de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) durante torneios de nível major.

A pesquisa, publicada na Revista "International Journal of Gaming and Computer-Mediated Simulations", possui o título "Identifying Stressors and Coping Strategies of Elite Esports Competitors" (“Identificando Fatores de Estresse e Lidando com Estratégias para Competidores de Esports de Elite”, em tradução direta para o português) e possui uma prévia gratuita disponível online.

Durante o período de análise, foi identificado que jogadores profissionais passaram por 51 situações de pressão psicológica diferentes, incluindo problemas de comunicação e a ansiedade de jogar presencialmente na frente de milhares de espectadores. Estes fatores, segundo os pesquisadores, são similares àqueles enfrentados por atletas profissionais do futebol e rugby, por exemplo.

Na publicação, Birch comentou sobre as conclusões encontradas pelo estudo, que também pretende auxiliar o desempenho de pro players.

“Os esports se tornaram um negócio multimilionário que atraem audiências ao redor do globo, mas ainda há pouca pesquisa científica acerca dos fatores psicológicos que influenciam os pro players. Nós descobrimos que os jogadores estão expostos a uma quantidade significativa de estresse quando competem em torneios de alto nível. Ao isolar estes fatores de estresse, podemos ajudar jogadores de esports a desenvolver estratégias efetivas para lidar com estes fatores e otimizar a performance enquanto competem no mais alto nível."

Outros fatores de pressão psicológica identificados no exercício competitivo dos esports também estão relacionados às dificuldades de se trabalhar em grupo dentro dos times. No ambiente de treino e competição, jogadores de uma mesma equipe devem encontrar equilíbrio entre seus níveis técnicos e manter uma boa comunicação entre si. Além disso, há a necessidade de não perder a concentração ao cometer erros durante a partida - conhecido como “tilt” na comunidade de esports.

Com isto, os pesquisadores recomendam que os pro players tenham acompanhamento psicológico constante, devido a quantidade de pressão que eles estão sujeitos no dia-a-dia da profissão - que não apenas afeta o desempenho dos mesmos, como é prejudicial à saúde.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
Prêmio Esports Brasil 2020 acontece em dezembro
Esports

Prêmio Esports Brasil 2020 acontece em dezembro

Quarta edição da premiação terá adaptações e mais jurados
Helena Nogueira
Herman Miller e Logitech lançam cadeira gamer de R$ 10,7 mil
Mercado

Herman Miller e Logitech lançam cadeira gamer de R$ 10,7 mil

Com foco na ergonomia, produto já pode ser comprado no Brasil
Beatriz Coutinho
Filha do dono da Garena e mais: 10 memes brasileiros dos esports
Esports

Filha do dono da Garena e mais: 10 memes brasileiros dos esports

Saiba a origem de memes como brTT preso, Qué Ota e mais
Beatriz Coutinho