Esports

Por que não vemos mais mulheres nos esports e nos games

Casos de machismo no cenário competitivo levantaram o debate novamente
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho

O recente episódio que envolveu o pro player Pedro "Lep" Marcari rindo de um comentário impróprio feito sobre a jogadora da INTZ Júlia “Mayumi” Nakamura, novamente levantou debates sobre o machismo nos games e esports e a presença de mulheres nesses mercados.

No vídeo acima, são discutidos diversos casos de machismo nos esportes eletrônicos, como o próprio acontecimento provocado por Lep, além da estreia de Julia "Cute" Akemi na Superliga 2017 e as ofensas que a streamer Lara "LittleVelma" Lauer sofreu durante uma transmissão ao vivo.

Além de um contexto histórico explicando o que há por trás do discurso de que "videogames são coisas de menino", o vídeo também apresenta sugestões para desenvolvedoras de jogos e a própria comunidade lidarem com o combate ao machismo nessas áreas.

Leia mais sobre o tema:

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
EsportsVídeos
Mais notícias
Existe um time de esports oficial de Neon Genesis Evangelion
Esports

Existe um time de esports oficial de Neon Genesis Evangelion

Entra nos esports, Shinji!
Matheus de Lucca
Programa universitário oferece bolsa de estudos de esports nas Filipinas
Esports

Programa universitário oferece bolsa de estudos de esports nas Filipinas

A ideia é custear os gastos estudantis dos talentos em desenvolvimento no país
Matheus de Lucca
Rede de shopping centers organiza campeonato de Free Fire e Fortnite
Esports

Rede de shopping centers organiza campeonato de Free Fire e Fortnite

Competidores concorrem a vale presentes de até R$ 430
Matheus de Lucca