Tech

Por que investir em um notebook gamer com monitor de 144Hz

O volume maior de informações na tela é uma vantagem clara
@luccabucks
Escrito por
Matheus de Lucca

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Monitores de 144Hz definitivamente não são uma novidade. Há muitos equipamentos com este perfil à disposição no mercado, inclusive produtos de linha gamer equipados com displays capazes de exibir mais frames por segundo, mas realmente vale a pena investir em um notebook com tela de 144Hz como é o caso do Samsung Odyssey 2? Faz diferença no gameplay?

Leia mais

O que é taxa de atualização?

É importante primeiro estabelecer o que é taxa de atualização em monitores. A medida em Hertz (Hz) - em referência ao físico alemão Heinrich Hertz - representa a quantidade de frames exibidos em um segundo. Sendo assim, existe um limite de frames que podem ser exibidos pela tela, ainda que uma placa de vídeo seja capaz de renderizar mais.

Quanto mais frames são exibidos, melhor será a fluidez da imagem e menor será o nível de impacto de efeitos como borrão de movimento, contanto que exista sincronia entre a taxa de atualização e frames in-game.

Por exemplo, se um jogo chega a 100 FPS, mas o monitor exibe apenas 60 a cada segundo, ocorre o tearing, ou seja, uma dessincronia quando o dispositivo exibe informação de frames diferentes em uma única leitura. Em outras palavras, a placa de vídeo está enviando 100 imagens por segundo, enquanto o display consegue mostrar apenas 60. O processo inverso também pode acontecer, quando o monitor tem mais Hz do que a placa é capaz de renderizar em um determinado game. Neste caso, a GPU mal terminou de renderizar a imagem e o monitor já se atualizou mais vezes, gerando inconsistência de informações exibidas.

Ferramentas para ajudar na sincronia das frequências entre GPU e monitor são tecnologias como o G-Sync, da Nvidia. Trata-se de um módulo no próprio monitor que faz o display trabalhar com taxas variáveis de atualização, de acordo com a placa de vídeo. Esse é o caso no Samsung Odyssey 2, que tem a tecnologia em sua tela e fica em harmonia com a Geforce RTX2060.

Exemplo de screen tearing em Overwatch | Foto: Reprodução
Exemplo de screen tearing em Overwatch | Foto: Reprodução

Por que é bom ter mais frames para games competitivos?

Em um mundo ideal no qual uma placa de vídeo consegue renderizar mais frames e o display acompanha o ritmo, o jogador tem o benefício de ter mais informação a seu dispor para tomar decisões rápidas, o que pode significar a vitória ou a derrota em uma partida de games como Overwatch, Counter-Strike: Global Offensive e outros games de tiro em primeira pessoa.

Imagine a situação na qual, em uma partida de Overwatch, a Widowmaker do time adversário está em controle de uma ampla linha de visão. Você mal aparece em um canto e leva um headshot quase instantâneo, sem sequer ver de onde veio. Esse jogador no controle da atiradora de elite do shooter da Blizzard provavelmente está com um monitor de 144Hz e viu seu personagem aparecer brevemente no canto, enquanto da sua perspectiva de um monitor de 60Hz, a atualização da tela não exibiu Widowmaker a tempo antes que você pudesse vê-la. É claro que além deste fator há a questão de atualização dos ticks do próprio servidor do game, mas essa já é outra discussão.

Além disso, o processo de mirar é mais fluido e rápido com um monitor de 144Hz. Há mais que o dobro de frames na tela. Assim como dito no texto de avaliação do Samsung Odyssey 2, essa característica é um incremento para jogadores que já têm uma boa noção de mira. Está longe de ser uma solução milagrosa que fará qualquer um acertar todos os headshots, mas certamente é um benefício que todo jogador que gosta de competir consegue perceber e deve considerar como uma maneira além de exercícios e treinos para melhorar o gameplay.

Vale a pena?

Considerando todo o pacote que um notebook gamer com tela de 144Hz inclui, como no caso do Samsung Odyssey 2 a placa de vídeo Nvidia Geforce RTX2060, processadores Intel da 9ª geração, sistema de gerenciamento térmico chamado Jet Blade e ainda mais, sim, vale a pena se você é um jogador que gosta de manter um alto nível competitivo.

Se você se interessou pelo Odyssey 2, clique aqui para mais informações técnicas e onde comprar o notebook.

Tags Relacionadas
Tech
Mais notícias
Os benefícios de uma tela IPS para games competitivos
Tech

Os benefícios de uma tela IPS para games competitivos

Notebooks da linha Acer Predator trazem a versão aprimorada deste tipo de display
Redação Versus
Como um bom sistema de refrigeração garante mais FPS e vantagem competitiva
Tech

Como um bom sistema de refrigeração garante mais FPS e vantagem competitiva

Conheça os benefícios de uma CPU e GPU bem ventiladas, como acontece nos notebooks da linha Acer Predator
Matheus Oliveira
Predator Sense permite personalizar e explorar limites de notebooks Acer
Tech

Predator Sense permite personalizar e explorar limites de notebooks Acer

Software acompanha aplicativo para controle total a partir do celular
Redação Versus