Call of Duty

Pizza Hut abre vaga de emprego para jogadores de Call of Duty

Essa vaga é só para quem sabe ensinar e também manda bem no CoD
@lucas.hagui
Escrito por
Lucas Hagui
Foto: Lucas Takashi/Versus/Montagem
Foto: Lucas Takashi/Versus/Montagem

A rede de restaurantes Pizza Hut postou uma vaga diferente no LinkedIn da empresa, em que procura jogadores de Call of Duty para trabalhar com eles para ser tutor de novos jogadores, ensinando-os a melhorar no game.

Leia mais

Infelizmente essa vaga não é em território brasileiro, mas sim para a Inglaterra, em Basildon. Na descrição da vaga, eles exigem algumas características como: ter conhecimento no jogo e profissionalismo, ser amigável e ser capaz de ensinar outros jogadores a melhorar no game.

Foto: Pizza Hut/LinkedIn/Reprodução
Foto: Pizza Hut/LinkedIn/Reprodução

Essa não é a primeira ação da Pizza Hut em jogos, já que a rede é patrocinadora oficial dos torneios de Madden NFL 20 - tanto que as partidas oficiais são feitas no estádio Pizza Hut.

Acompanhe o cenário competitivo de Call of Duty World League com a Pro League e a World League Championship, os torneios anuais do game. A temporada 2019 terminou em 18 de agosto com a eUnited como grande campeã, levando US$ 800 mil (R$ 3,3 milhões) pela primeira colocação.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
Call of DutyComunidade
Mais notícias
CoD Warzone: 5ª temporada traz novo passe de batalha, mudanças no mapa e mais
Call of Duty

CoD Warzone: 5ª temporada traz novo passe de batalha, mudanças no mapa e mais

Multiplayer de Modern Warfare também recebe novidades e final de semana gratuito
Matheus de Lucca
Doom, Quake, Counter-Strike e mais: a história dos jogos FPS
FPS

Doom, Quake, Counter-Strike e mais: a história dos jogos FPS

Veja a evolução do estilo desde seus primórdios até os dias de hoje
Jairo Junior
CoD Warzone: Como desbloquear as novas armas Fennec e CR-56 Amax
Call of Duty

CoD Warzone: Como desbloquear as novas armas Fennec e CR-56 Amax

Saiba como utilizar as armas inéditas
Matheus Oliveira