Overwatch

OW: Brasil Gaming House e Isurus estão na final da Overwatch Contenders sul-americana

Confronto entre Brasil e Argentina será acirrado
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
escreve para o Versus.
© Reprodução
© Reprodução

A 1ª temporada da Overwatch Contenders América do Sul está acabando. Neste sábado (28), as equipes Brasil Gaming House e Isurus Gaming venceram seus confrontos nas semifinais e disputarão a grande decisão do torneio.

Leia mais:

© Reprodução
© Reprodução

A primeira semifinal do dia aconteceu entre BGH e Nocturns. A BGH começou vencendo no mapa Oasis por 2 a 1, mas logo em seguida a Nocturns garantiu o empate, ao vencer em Hollywood por 1 a 0.

Sem deixar escapar a oportunidade de ir para a grande final, a BGH venceu os dois mapas seguintes, Colônia Lunar Horizon e Junkertown, por 2 a 1 e 3 a 2, respectivamente.

Vencendo a série por 3 a 1, a equipe conquistou sua vaga no confronto de domingo (29). A BGH foi a primeira classificada do Grupo A para os playoffs, com quatro vitórias e apenas uma derrota - justamente contra a Isurus, por 3 a 1.

© Reprodução
© Reprodução

Em seguida, o duelo ficou por conta dos argentinos da Isurus contra os brasileiros da Pain Gaming.

A Pain acabou levando um baile da equipe argentina. A Isurus venceu a adversária por 3 a 0, nos mapas Oasis, Numbani e Hanamura, por 2 a 1, 3 a 1 e 2 a 1, respectivamente.

A grande final entre BGH e Isurus acontece no domingo (29), a partir das 16h. A série será melhor de sete jogos (md7) e transmitida no canal do torneio na Twitch.


Bia Coutinho é redatora no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Overwatch
Mais notícias
Overwatch: "Não gosto mais de jogar", diz Alemao em anúncio de pausa na carreira
Overwatch

Overwatch: "Não gosto mais de jogar", diz Alemao em anúncio de pausa na carreira

Pro player estava com a organização norte-americana Boston Uprising desde o fim de 2018
Matheus Oliveira
Project A tem jogabilidade mais parecida com CS:GO do que Overwatch
League of Legends

Project A tem jogabilidade mais parecida com CS:GO do que Overwatch

O estilo mais tático, separado por rodadas mais curtas e sem respawn instantâneo, se aproxima mais ao FPS da Valve
Helena Nogueira
Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games
League of Legends

Tudo sobre o Projeto A, novo FPS da Riot Games

Os mundos de CS:GO e Overwatch unidos da melhor forma possível
Helena Nogueira