Overwatch

Overwatch: Pewdiepie caçoa polêmica sobre caso Ellie, da Overwatch Contenders

"Foi só fingir que é mulher, passam-se literalmente quatro dias e pronto! Ele faz parte do time!", zombou o Youtuber
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Ano vai, ano vem, e Felix "Pewdiepie" Kjellberg, dono do maior canal do YouTube, continua fazendo pronunciamentos controversos. Nesta quinta-feira (10), o youtuber publicou um vídeo em que caçoou a repercussão do caso "Ellie", personalidade feminina fabricada por um jogador com o intuito de participar do time Second Wind, da Overwatch Contenders norte-americana. 

Leia mais:

O vídeo faz parte da série "Pew News", em que o influenciador sueco dá sua opinião pessoal sobre noticias de grande repercussão na Internet. 

Nele, Kjellberg defendeu os fãs que pressionaram e assediaram o perfil de Ellie nas redes sociais, argumentando que estes apenas queriam que o verdadeiro nome da jogadora fosse revelado. Quando a Second Wind divulgou a line-up, ela foi a única que não teve  identidade revelada. 

"Eu acho que isto é uma reação muito normal na cena dos pro players, que tem apenas algumas pessoas. Se alguém aparece do nada...É natural que as pessoas perguntem, 'quem é esta pessoa?'", disse Pewdiepie.

Além disso, o influenciador se posicionou a favor de Punisher, veterano das ranqueadas que se passou por Ellie ao jogar enquanto uma jovem aparecia na câmera e conversava com os espectadores. 

Para Kjellberg, Punisher fez uma afirmação social sobre um "comportamento comum" no cenário de esports, em que se refere à uma vitimização exagerada de mulheres. 

“Talvez o fato deste cara, Punisher, não conseguir entrar em um time profissional, porém assim que ele finge ser uma mulher, passam literalmente quatro dias e pronto! Ele faz parte de um time profissional!”, zombou.  

O caso Ellie é de grande seriedade para o cenário, principalmente por manchar a luta das mulheres em busca de espaço nos esports. Leia mais em nossa reportagem



Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a em @helenavnogueira.