Overwatch: Nova história revela que Soldado 76 é gay

Revelação aconteceu em história sobre Ana publicada nesta segunda-feira (7)
Foto: Blizzard/Reprodução
Foto: Blizzard/Reprodução

Na última segunda-feira (7), a comunidade LGBTQI+ de Overwatch recebeu uma grande notícia. A Blizzard lançou um conto focado na história da heroína Ana, mas que ganhou grande repercussão por conta de outra informação: a confirmação do segundo personagem homossexual  em Overwatch, o Soldado 76.
Leia mais sobre Overwatch:

 
No conto chamado Bastet, Ana e Jack Morrison - o nome real do Soldado 76 - se encontram em uma missão e relembram diversos momentos de seus passados. Durante a conversa, os heróis encontram algumas fotos e em uma delas, o Soldado aparece ao lado de um homem. Em seguida, Ana questiona o personagem sobre a imagem, quando acontece o seguinte diálogo:

Foto: Blizzard/Reprodução
Foto: Blizzard/Reprodução

"Ela passou para a seguinte e quase deixou as fotos caírem de tanta surpresa. Ela nunca tinha visto a fotografia, mas a reconheceu imediatamente. Jack estava tão mais jovem.

Ele tinha acabado de sair de um transporte militar para tirar a folga. Foi a outra pessoa na foto que a surpreendeu: um homem de cabelo escuro, vestido com uma camisa preta casual de botão. O braço de Jack estava no ombro dele. Vincent. 

“Vincent... Faz anos que não penso nele”, disse Ana.

“Ainda tem esperanças com ele?” Jack balançou a cabeça.

“Nada do tipo.”

“Você nunca procurou ele? Deve ter ficado curioso. Todo o poder de vigilância do mundo. Aposto que Gabe teria designado um agente da Blackwatch para ele se você pedisse”, disse Ana. Jack lançou um olhar fuzilante para ela.

“Tá bom, assunto delicado”. Jack riu.

“Ele se casou. São bem felizes. Fico feliz por ele.” Ana não tinha se convencido.

No começo de tudo, Jack falava muito sobre ele, ventilando um sonho de que a guerra acabaria logo e talvez tivesse a chance de voltar a uma vida normal. Mas a recompensa para pessoas como nós nunca foi uma vida normal.

“Vincent merecia uma vida melhor do que eu poderia dar a ele.” Jack suspirou. “Nós dois sabíamos que eu nunca poderia colocar nada acima do dever. Tudo pelo que lutei foi para proteger gente como ele... Esse foi o sacrifício que eu fiz.” 

“Relacionamentos não dão muito certo para nós, não é?”, disse Ana, passando inconscientemente o polegar no local onde ficava sua aliança."

Michael Chu, o autor do conto, utilizou seu Twitter para afirmar que Jack e Vincent mantiveram um relacionamento romântico no passado e que os personagens se identificam como gays. Bastet está disponível para leitura gratuita e em português do Brasil neste link.

A primeira personagem homossexual da Blizzard em Overwatch foi Tracer. A confirmação da orientação sexual da heroína aconteceu no lançamento da história em quadrinhos Reflexos, na qual Tracer dá um presente de Natal para sua namorada Emily.


Helena Nogueira e Bia Coutinho são repórteres no Versus. Siga-as em @helenavnogueira e @biaacoutinhoo.

Tags Relacionadas
Overwatch