Overwatch

Overwatch Contenders: Heróis e composições preferidas e mais fortes na opinião dos casters

Relembre dive, GOATS e mais estratégias de sucesso no shooter da Blizzard
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira

Imagem: Blizzard/Reprodução
Imagem: Blizzard/Reprodução

A Overwatch Contenders está caminhando para sua quarta semana de disputas e diversos heróis e composições diferentes já foram vistos, mostrando as diferentes possibilidades estratégicas dentro do game da Blizzard. Neste meio, os casters da competição têm seu gosto e compartilharam com o Versus quais são os personagens e táticas preferidas, além de determinarem quais consideram mais fortes em relação ao meta atual do shooter.

Leia mais:

O metagame de Overwatch se tornou mais volátil e delicado com a chegada da rotação de heróis, que renova o conjunto de personagens vistos nas partidas após cada semana de competição, obrigando jogadores a preparar novas táticas, o que traz um novo ar não apenas para o público, mas também para os narradores, que compartilharam suas opiniões sobre os heróis e composições vistas na disputa até agora.

Guilherme "Demo" Ono

Por suas preferências na hora de jogar, Demo é um dos apoiadores dos suportes, mais especificamente Zenyatta e Ana, por trazerem novas possibilidades para a função e abrirem oportunidades para estratégias diferentes.

“Como Zeny você pode agir como um terceiro DPS dentro do seu time, seja eliminando ou ajudando com Orbe da Discórdia”, desta maneira, sendo mais que “um robô de cura” e ajudando contra composições com duplo escudo assim como brilhando quando a estratégia envolve um comprometimento com o aspecto ofensivo.

Imagem: Blizzard/Reprodução
Imagem: Blizzard/Reprodução

Além disso, Ana é uma personagem que representa desafios. “Desde seu lançamento, ela me encanta por ter um design completamente contra intuitivo em jogo de tiro: uma atiradora de elite que causa dano ao longo do tempo, suporte, que para curar deve atirar nos aliados”. Este diferente arquétipo força o jogador a possuir um posicionamento impecável e consciência de tudo que está acontecendo no mapa, já que “enquanto a Ana está preocupada em manter o time de pé, um DPS adversário pode tentar abatê-la”.

Por mais que a popular GOATS fosse odiada por muitos, Demo revelou gostar da composição, já que “a ideia de uma composição sem DPS, mas que era uma bola de demolição me agradava pela criatividade e pela metódica”, porém, reconhece que as estratégias mais poderosas atualmente envolvem Mei, Reaper e Lúcio, pelo potencial de movimentação e dano destes personagens.

Por outro lado, Sigma e Orisa brilham exatamente pelo contrário, por poder proteger o time seja qual for o lugar em que desejarem se instalar, com um dos personagens cobrindo as falhas do outro.

Thauê Neves

Por outro lado, Neves relembrou a época do dive, clássica composição que era composta, na maioria das vezes, por Winston, D.va, Genji, Tracer, Ana e Zenyatta, cujo objetivo principal era justamente mergulhar no time adversário e eliminar primeiro os alvos mais frágeis rapidamente.

Outra lembrança do caster foi a composição conhecida como Hackfist, vista na Contenders sul-coreana, na qual a combinação de Sombra e Doomfist brilham destruindo alvo por alvo, sem chance de retaliação por conta do hack e alto potencial de dano.

Imagem: Blizzard/Reprodução
Imagem: Blizzard/Reprodução

Para finalizar, Neves ressaltou heróis que considera poderosos, como Mei, Reaper, o duplo escudo de Sigma e Orisa, mas reforça o gosto pela estratégia da And They Say. “O Dive de Doomfist, Winston e Hammond que inferniza a linha dos suportes adversários enquanto Reaper pressiona os tanques é o que mais me agrada atualmente”.

Além disso, Echo também foi apontada como boa adição, pois “faz uma excelente dupla com Tracer, montando uma formação mais leve que é capaz de punir qualquer um do time adversário”.

Felipe Tonello

Tonello relembrou o estado atual do game em comparação ao que era visto antes da chegada da rotação de heróis. “O Overwatch passou de um estado no qual os metas eram muito mais extensos e baseados em execuções mínimas para uma necessidade de adaptação extremamente rápida", o que, segundo ele, impacta diretamente nas equipes e em seus estilos de jogo.

O caster comenta que divide as composições em boas para assistir e boas para jogar e, assim como Demo, falou sobre a famosa GOATS, “incrivelmente legal de jogar de acordo com a opinião da comunidade competitiva, mas menos empolgante de assistir em sequência quando um Dive, por exemplo”.

Além disso, ele também comenta sobre o conceito de “gambiarras táticas”, no caso, o que aconteceu com a chegada da rotação de heróis: tentativas dos times de adaptar as estratégias já usadas antes com os heróis disponíveis no momento e não perder a excelência na execução.

Tonello ressalta que o jogo “passa por um momento de oito ou 80”, com composições mais lentas como Reaper, Mei, Orisa e Sigma, ou mais rápidas como o dive de Tracer e Sombra, ambas as mais vistas, para as quais os times voltam com mais frequência.

O caster também aponta Echo como importante em algumas estratégias, pois “se encaixa muito bem com Sombra - tanto pelo fator de ser boa contra a Sombra adversária e possuir um leque maior de posturas, estilos que se encaixam e maneiras de jogar”.

Imagem: Blizzard/Reprodução
Imagem: Blizzard/Reprodução

A próxima semana de disputas da Overwatch Contenders 2020 continua nesta quarta-feira (20). Os jogos são transmitidos no canal oficial de Overwatch no Youtube.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
Overwatch Contenders: Dignity é campeã da primeira temporada sobre a Warpigs
Overwatch

Overwatch Contenders: Dignity é campeã da primeira temporada sobre a Warpigs

Após passar pelos playoffs invicta, equipe leva US$ 14 mil
Matheus de Lucca
Overwatch Contenders: Finais da primeira temporada acontecem nesta terça-feira (2)
Overwatch

Overwatch Contenders: Finais da primeira temporada acontecem nesta terça-feira (2)

Saiba como acompanhar a decisão da primeira temporada da Contenders Sul-Americana de 2020
Matheus Oliveira
Overwatch: Novo Nendoroid do Reinhardt vai abalar o seu bolso
Overwatch

Overwatch: Novo Nendoroid do Reinhardt vai abalar o seu bolso

Tente resistir a fofura desta versão do herói
Helena Nogueira