CS:GO

Os 19 anos de Counter-Strike, do 1.6 até Global Offensive

É muita história por trás dessa franquia
@iugahtk
Lucas Hagui
escreve para o Versus.
Foto: Montagem/Lucas Takashi
Foto: Montagem/Lucas Takashi

Na terça-feira (19), o Counter-Strike comemorou 19 anos de seu primeiro lançamento Beta como Mod do jogo Half-Life. Pensando nisso, o Versus separou algumas imagens para você se lembrar (ou conhecer) como era essa franquia tão popular e como ela envelheceu - ficando cada vez melhor - durante todo esse tempo.

Leia mais sobre CS:GO:

Half-Life: Counter-Strike (também chamado de 1.6)

A primeira versão do Counter-Strike foi um Mod criado por Minh "Gooseman" Le e Jess Cliffe em 1999. O CS 1.6 - que é o número da última atualização - foi um dos primeiros lançados e que também popularizou o game pelo mundo - responsável por vender mais de 1,5 milhão de unidades até o ano de 2003.

Foto: Reprodução/Counter-Strike Wiki
Foto: Reprodução/Counter-Strike Wiki

Counter-Strike: Condition Zero

Essa versão foi criada pela Turtle Rock Studios, Ritual Entertainment e Valve em março de 2004, usando a mesma engine de Half-Life. Ela é visualmente mais refinada que a 1.6, porém não possui muitas diferenças de jogabilidade, exceto pelo modo campanha de um jogador adicionado.

Foto: Reprodução/Counter-Strike Wiki
Foto: Reprodução/Counter-Strike Wiki

Counter-Strike: Source

Lançado também em 2004, porém em novembro, essa versão é uma recriação do clássico 1.6, porém com texturas muito melhores e uma nova engine (Source), que mudou vários aspectos mecânicos do jogo, como o recuo de arma e novas mecânicas de física.

Foto: Reprodução/Counter-Strike Wiki
Foto: Reprodução/Counter-Strike Wiki

Counter-Strike: Global Offensive

Só depois de 8 anos uma nova versão de Counter-Strike foi criada após a Source, e é a que conhecemos hoje como CS:GO. Mesmo sendo de 2012, o jogo recebe atualizações contantes para manter o público, incluindo mudanças nos mapas e balanceamentos constantes, que, diferente de outras versões, ajuda a manter o jogo competitivo.

Foto: Reprodução/Valve
Foto: Reprodução/Valve

É importante lembrar também do impacto do Counter-Strike nos eSports, já que é um dos principais jogos competitivos profissionais, o que ajudou a manter o game vivo, ganhando mais destaque até pela própria Valve, que somente em 2013 criou o sistema de competições no formato Major.

No entanto, o cenário competitivo começou em meados de 2000 e 2001, com torneios organizados por empresas como CPL, Dreamhack, ESWC, ESEA e muitas outras - que continuam dando oportunidades aos pro players até hoje



Lucas Takashi é redator do Versus. Siga-o no Twitter em @IugahTK.

Tags Relacionadas
CS:GO
Mais notícias
CS:GO: Hen1 é movido para o banco de reservas da Luminosity Gaming
CS:GO

CS:GO: Hen1 é movido para o banco de reservas da Luminosity Gaming

Rumores apontam jogador na INTZ
Beatriz Coutinho
Guia StarLadder Berlin Major 2019: Times, transmissões, agenda e mais
CS:GO

Guia StarLadder Berlin Major 2019: Times, transmissões, agenda e mais

Saiba quando MIBR, FURIA e INTZ jogam
Beatriz Coutinho
CS:GO bate média de 400 mil jogadores simultâneos, maior número alcançado desde 2017
CS:GO

CS:GO bate média de 400 mil jogadores simultâneos, maior número alcançado desde 2017

O recorde não era visto desde fevereiro de 2017!
Matheus Oliveira