Mercado

Organização de MMA da Ásia investe US$ 50 milhões para criar marca de esports

Conheça a ONE esports
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira
Foto: ONE Champiosnhip/Reprodução
Foto: ONE Champiosnhip/Reprodução

Os esports na Ásia receberão um novo parceiro em 2019! A maior organização de MMA do continente, a ONE Championship, anunciou um investimento de US$ 50 milhões para criar sua marca de esports e promover campeonatos pelo território: o ONE eSports.

Leia mais:

Segundo a revelação feita pelo embaixador da marca Demetrius "Might Mouse" Johson, a partir de 2019, o ONE eSports andará em conjunto com a ONE Championship, promovendo torneios em cidades seletas do continente asiático.

Os primeiros eventos planejados acontecerão em grandes polos como Singapura, Bangkok, Tóquio, Seoul, Ho Chi Minh, Kuala Lumpur, Manila, Jakarta, Xangai e Beijing.

"Nós vemos uma natural mistura entre os fãs de artes marciais e games na Ásia. Essa é uma oportunidade de juntá-los em milhares de eventos ao vivo", diz Chatri Sityodtong, CEO da ONE Championship.

Nenhum título foi anunciado para as competições, mas o anúncio do CEO apontou que os eventos envolverão os games que mais chamam atenção na Ásia, como League of Legends, Dota 2 e Overwatch.

Além do plano de sediar campeonatos por todo o continente, a organização também revelou que os torneios serão resultado de uma parceria com a Razer e Dentsu, uma das maiores agência de publicidade do Japão.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Tags Relacionadas
MercadoComunidade
Mais notícias
Shroud retorna à Twitch com recorde de 500 mil espectadores simultâneos
Twitch

Shroud retorna à Twitch com recorde de 500 mil espectadores simultâneos

O streamer estava longe da plataforma há 10 meses
Matheus Oliveira
TIM Live renova patrocínio com paiN Gaming
Mercado

TIM Live renova patrocínio com paiN Gaming

A parceria engloba as line-ups de LoL, CS:GO e Valorant
Matheus de Lucca
Roberto Iervolino deixa comando da Riot Games Brasil
Mercado

Roberto Iervolino deixa comando da Riot Games Brasil

Após sete anos no cargo, Iervolino deixa a posição de country manager
Beatriz Coutinho