Comunidade

Oficial sul-coreana abre pedido de lei para punição de assédio nos games

Jogadores que forem ofensivos em jogos como Overwatch seriam penalizados
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.
Foto: Blizzard/ Reprodução
Foto: Blizzard/ Reprodução

O comportamento tóxico é algo que compromete a experiência de muitos nos esportes eletrônicos - mas isto logo pode se tornar um crime na Coréia do Sul. Segundo um jornal da cidade de Seoul, um(a) representativo(a) da Assembleia Nacional de Igualdade de Gênero e Comitê da Família abriu um pedido de lei para punição do assédio sexual dentro dos jogos online como Overwatch.

Leia mais:

O artigo afirma que a lei punirá certas formas de comportamento tóxico no chat de texto e voz. Apesar disso, ainda não há detalhamento do projeto legislativo e quais seriam suas penalidades.

Na Coreia do Sul, rastrear um jogador tóxico não é um problema. No jogo de tiro da Blizzard, por exemplo, todos os usuários possuem um número de segurança em suas contas, algo que tem o intuito de facilitar o reconhecimento do agressor. Caso a lei entre em vigor, este mecanismo poderá ser usado pelas autoridades.

Esta não é a primeira medida na Coreia do Sul de regulamentação dos esports. Em junho, um homem de 28 anos foi condenado a um ano de prisão e dois anos de liberdade condicional por vender um software ilegal de Overwatch, algo que infringe a Lei de Promoção da Indústria de Jogos e a Lei de Proteção às Tecnologias da Informação e Comunicação, instauradas na Coréia do Sul em junho de 2017.

Apesar de jogos como o da Blizzard contarem com canais de denúncia de jogadores e proibição de palavras no chat, ainda há muita dificuldade por parte das desenvolvedoras de barrar a toxicidade online e, por isso, casos de assédio continuam frequentes na comunidade.

No sábado (8), a streamer de Rainbow Six Lara"LittleVelma" Lauer foi assediada durante uma transmissão, em que um companheiro de equipe a chamou de "vagabunda" e a matou.



Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a em @helenavnogueira.

Tags Relacionadas
ComunidadeOverwatch
Mais notícias
LoL: Todas as músicas e temas de campeões são disponibilizadas no Spotify
League of Legends

LoL: Todas as músicas e temas de campeões são disponibilizadas no Spotify

Ouça o soundtrack oficial completo na plataforma de streaming
Matheus Oliveira
Tudo sobre o envolvimento da Blizzard com os protestos de Hong Kong
Blizzard

Tudo sobre o envolvimento da Blizzard com os protestos de Hong Kong

Mei, de Overwatch, se tornou um símbolo do movimento social
Helena Nogueira
Overwatch nos Vingadores: Criação de fã transforma personagens em heróis da Marvel
Overwatch

Overwatch nos Vingadores: Criação de fã transforma personagens em heróis da Marvel

Você já ouviu falar da iniciativa "escolte a carga"?
Lucas Hagui