Esports

Ocelote, Get_Right, Rekkles e mais entram para lista 30 Under 30 da Forbes

Os maiores influentes dos esports em 2019
@luccabucks
Matheus de Lucca
é reporter no Versus.
Foto: Reprodução/Riot Games
Foto: Reprodução/Riot Games

A divisão europeia da Forbes divulgou a sua lista 30 Under 30, que destaca as figuras mais influentes de diversos setores, incluindo games e esports. Carlos "ocelote" Rodriguez Santiago, dono da G2 Esports, e o jogador de CS:GO Christopher "GeT_RiGhT" Alesund foram alguns dos nomeados.

Leia mais

  • LoL: Vaevictis é a 1ª equipe feminina a participar de torneio oficial da Riot
  • CS:GO: Valve corrige exploit de fumaça antes do IEM Katowice Major 2019
  • CS:GO ultrapassa PUBG em número de jogadores simultâneos

Saiba mais sobre os pro players selecionados abaixo:

Christopher "GeT_RiGhT" Alesund é um dos jogadores mais antigos da história de Counter-Strike. Ele e sua equipe, a Ninjas in Pyjamas, conseguiram 87 vitórias seguidas em 2013, um feito que não foi superado até hoje. Mais recentemente, a NiP conquistou o IEM XII - Oakland, em 2017. O pro player já ganou US$ 560 mil em premiações durante sua carreira.

Ladislav "GuardiaN" Kovács, jogador de CS:GO, entrou para a FaZe Clan no final de 2017 e sua presença foi sentida imediatamente, com a vitória da equipe no ESL One: New York. Ao longo de 2018, a equipe conquistou torneios como o IEM XIII, ESL One: Belo Horizonte e EPICENTER 2018, cravando Kovács como um dos melhores jogadores de todos os tempos.

Martin "Rekkles" Larsson, atirador no LoL, o pro player ganhou dois prêmios MVP seguidos, no 2º split de 2017 e no 1º split de 2018. Desde que se juntou à Fnatic, Larsson conquistou quatro campeonatos regionais e o vice no Mundial - a primeira vez que uma equipe ocidental chegou às finais desde a primeira temporada de LoL.

Adam "Armada" Lindgren é considerado um dos "cinco deuses" do competitivo de Super Smash Bros. Melee. Lindgren terminou entre os cinco finalistas da EVO em todos os anos desde 2013, conquistando o campeonato em 2015 e 2017. Armada anunciou sua aposentadoria de torneios individuais de Melee e vai focar em campeonatos em dupla e streaming,

Carlos "ocelote" Rodriguez Santiago é ex-jogador profissional de League of Legends, fundador e co-diretor da G2 Esports, organização com times em vários games. Em 2018, a Forbes colocou a G2 entre as oito organizações de esports mais valiosas, avaliada em US$ 105 milhões.

Pierre "Turbopolsa" Silfver é o primeiro jogador de Rocket League a ganhar três campeonatos mundiais. Ele ganhou o título de MVP em 2017 e ajudou a Dignitas a alcançar o recorde de vitórias seguidas, com 17 partidas em 2018.

Benjamin "Problem X" Simon é jogador profissional de Street Fighter 5 desde 2011. Ele derrotou um dos melhores jogadores do game e foi o primeiro campeão da EVO proveniente do Reino Unido.

Rasmus "Caps" Borregaard Winther é considerado um dos melhores midlaners de League of Legends e conquistou o prêmio de MVP na Europa em 2018. O jogador ajudou a Fnatic a chegar ao vice-campeonato no Mundial de 2018.

Em 2018, a Forbes colocou em sua lista nomes como Yiliang "Doublelift" Peng, Lauren "Goddess" Williams, Tyler "Ninja" Blevins e Jacky "Stewie2k" Yip.

Matheus de Lucca está fazendo bootcamp por 1 mês no Versus. Você pode segui-lo no Twitter.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
DreamHack Rio 2020 não está nos planos da organizadora, revela calendário oficial
Esports

DreamHack Rio 2020 não está nos planos da organizadora, revela calendário oficial

O Brasil não está incluso na rota para o ano que vem
Matheus de Lucca
Pesquisa revela diferença entre visão de pro players e de jogadores amadores
Esports

Pesquisa revela diferença entre visão de pro players e de jogadores amadores

Profissionais são muito mais focados no alvo
Lucas Hagui
Sem apresentar fonte, campanha do Governo sugere que games online reduzem atividade cerebral
Esports

Sem apresentar fonte, campanha do Governo sugere que games online reduzem atividade cerebral

Vídeo faz parte de projeto do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos
Beatriz Coutinho