Esports

"Não há encaixe entre o Bayern e os eSports", diz presidente do clube ao vetar investimento milionário

Tão impedindo a gente de sonhar
@helenavnogueira
Escrito por
Helena Nogueira
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um dos maiores clubes de futebol do mundo cancelou sua entrada nos esportes eletrônicos. Nesta sexta-feira (22), o presidente do Bayern de Munique Ulrich Hoeness vetou um investimento de cerca de US$ 5 milhões da agremiação no cenário competitivo. Para o executivo, "não há encaixe entre o Bayern e os eSports".

Leia mais:

Segundo o jornal alemão BILD reports, que teve acesso a um relatório do clube, a aplicação tinha em vista a contratação de times de League of Legends, Dota 2 e Fortnite.

As negociações estavam em estágio avançado de aprovação mas, com o veto do presidente, o plano de ação foi cancelado. O clube e Hoeness ainda não se pronunciaram sobre a decisão.

Fora o plano milionário, o único esforço dos Bávaros em relação aos eSports é o Bayern Ballers Gaming Team, a fim de disputar o NBA 2K 2018. Com o veto do investimento em massa, o Bayern não deve considerar uma entrada nos eSports tão cedo.

Outros grandes nomes dos esportes tradicionais como Real Madrid e Paris Saint-German, por outro lado, já possuem seus representantes nos esportes eletrônicos.

Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
Esports
Mais notícias
1º de abril nos esports: PaiNalista, TACO fora da MIBR e outras pegadinhas
Esports

1º de abril nos esports: PaiNalista, TACO fora da MIBR e outras pegadinhas

Com qual desses anúncios você mais se assustou?
Beatriz Coutinho
Coronavírus nos esports: todos os campeonatos cancelados ou adiados
League of Legends

Coronavírus nos esports: todos os campeonatos cancelados ou adiados

Torneios de diversas modalidades foram afetados pela pandemia
Beatriz Coutinho
Camilota, Jukes, BiDa e mais: Influenciadores fazem campanha por quarentena
Esports

Camilota, Jukes, BiDa e mais: Influenciadores fazem campanha por quarentena

Todos estão juntos e ao mesmo tempo separados contra o coronavírus
Jairo Junior