Magic: The Gathering Arena

MTG Arena: Por que PV é considerado um dos melhores da história do Magic

Brasileiro disputa a final mundial do circuito do card game neste fim de semana
@_matheusF23
Escrito por
Matheus Oliveira

Foto: Wizards of The Coast/Reprodução
Foto: Wizards of The Coast/Reprodução

Paulo Vitor Damo da Rosa é um dos representantes brasileiros no cenário internacional de Magic: The Gathering e considerado um dos maiores jogadores da história do card game. Se você ainda não conhece a história de PVDDR, veja agora e saiba por que torcer para o competidor.

Leia mais:

PV começou sua história em Magic disputando torneios nacionais por volta dos anos 2000 e já em 2003 garantiu seu espaço entre os melhores jogadores latino-americanos de Magic.

Naquele ano, Paulo Vitor assegurou seu nome entre os oito mais bem colocados no ranking do game na região, o que o levou diretamente para sua primeira empreitada em uma competição maior: o World Championship, em Berlim, na Alemanha. Sua colocação na ocasião não foi das melhores, terminando em 55º lugar.

Em 2004 PV se classificou novamente, mas não conseguiu arcar com as despesas de voo e hospedagem, o que não foi impedimento para o brasileiro, pois o jogador acabou vencendo um outro torneio cujo prêmio dava uma viagem ao mundial de Magic como espectador, recompensa que foi usada para competir. Nesta disputa ele terminou em 46º lugar.

PV durante o Mundial de 2006 | Foto: Wizards of the Coast/Reprodução
PV durante o Mundial de 2006 | Foto: Wizards of the Coast/Reprodução

Já em 2006 o brasileiro deslanchou no palco internacional. Terminando em 20º lugar no Pro Tour Honolulu, no Havaí, 30º na República Tcheca, e com o vice-campeonato no Pro Tour Charleston, nos EUA, PV seguiu para os dois últimos torneios da temporada como candidato a Jogador do Ano.

O competidor venceu no Brasil, terminou em 42º em no Japão e no Mundial foi eliminado durante as quartas de final, derrotado pelo japonês Makihito Mihara com uma jogada que é considerada como um dos melhores momentos da história do Magic. Veja abaixo:

Com o decorrer dos anos, PV continuou fortalecendo seu nome no cenário internacional com boas performances em todos os nove eventos nos quais jogou. Ele chegou à quarta colocação no Mundial de 2008.

Card de competidor do Pro Tour de PV, de 2007 | Foto: Magic Gamepedia/Reprodução
Card de competidor do Pro Tour de PV, de 2007 | Foto: Magic Gamepedia/Reprodução

Em 2010, Paulo Vitor se juntou ao time apoiado pelo portal ChannelFireBall, maior loja de cartas e produtora de conteúdo online sobre Magic, além de passar pela primeira vez das quartas de final em um evento individual, no caso, o Pro Tour, no qual o brasileiro garantiu seu primeiro título internacional.

O Pro Tour San Juan de 2010 foi o primeio título internacional de PV | Foto: Reprodução
O Pro Tour San Juan de 2010 foi o primeio título internacional de PV | Foto: Reprodução

A sequência de vitórias não parou por aí. Em 2011 PV venceu seu segundo torneio internacional - o Grand Prix de Singapura - e chegou novamente às finais de diversos eventos, entre eles o Mundial.

Já em 2012, os resultados de PV renderam novamente a classificação para o Mundial do circuito de Magic. Nesta ocasião ele terminou em terceiro lugar, porém a vitória maior veio como sua indicação ao Hall da Fama, o que o tornou o jogador mais jovem a entrar em tal lista, com apenas 25 anos. Veja abaixo:

Outro feito veio na temporada 2016-2017, quando PV alcançou o décimo Top 8 em Pro Tours de sua carreira, sendo o terceiro jogador no mundo a colecionar tantas boas colocações, o que o agraciou com o título de Jogador do Ano.

Hoje, Paulo Vitor coleciona 37 colocações em Top 8 carreira, com dois títulos em Pro Tours e Gran Prix, a maior quantidade de premiação da história do game - com quase US$ 525 mil (R$ 2,26 milhões). Ainda assim, existe um troféu que falta em sua estante: o de campeão Mundial de Magic.

A próxima chance do brasileiro alcançar este estimado título será neste fim de semana, entre 14 e 16 de fevereiro, no primeiro World Championship do circuito Magic Esports. O torneio é sediado no Havaí e conta com os 16 melhores jogadores do mundo e US$ 1 milhão em premiação. Todos os jogos serão transmitidos no canal oficial de Magic na Twitch.

Magic: The Gathering Arena está disponível gratuitamente para PC.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Mais notícias
MTG Arena é lançado para MacOS com nova Coleção Básica M21
Magic: The Gathering Arena

MTG Arena é lançado para MacOS com nova Coleção Básica M21

O game já está disponível, assim como a nova coleção
Matheus Oliveira
MTG Arena: Brasileiro PV vence World Championship e é o novo campeão mundial
Magic: The Gathering Arena

MTG Arena: Brasileiro PV vence World Championship e é o novo campeão mundial

A grande final do circuito de Magic: The Gathering foi sediada em Honolulu, no Havaí
Matheus Oliveira
MTG Arena pode ser lançado para celulares ainda em 2020
Magic: The Gathering Arena

MTG Arena pode ser lançado para celulares ainda em 2020

Versão para desktop chegou oficialmente em 2019
Matheus Oliveira