Mercado

Mais de US$ 2 bilhões já foram gastos com battle royales mobile

Com aproximadamente US$ 500 mil só no primeiro trimestre deste ano!
@_matheusf23
Matheus Oliveira
escreve para o Versus.
Foto: Tencent/Reprodução
Foto: Tencent/Reprodução

Os battle royale estão entre os gêneros mais populares dos esports. O sucesso dos títulos é notável inclusive nos mobiles, onde já registram mais US$ 2 bilhões arrecadados em microtransações.

Leia mais:


De acordo com os dados divulgados pela plataforma Sensor Tower, os populares PUBG Mobile, Free Fire e Fortnite estão entre os mais representativos, mas todos perdem para o investimento feio no jogo Knives Out, desenvolvido pela NetEase, empresa que também detém os direitos de Minecraft, com US$ 646 milhões da quantia total.

Foto: Sensor Tower/Reprodução
Foto: Sensor Tower/Reprodução

Fortnite ocupa a segunda posição do ranking, com US$ 630 milhões (mesmo com apenas os rendimentos da versão para iOS computados), PUBG Mobile vem em seguida com US$ 439 milhões, enquanto Garena Free Fire fica em quarto com US$ 250 milhões.

Outro detalhe apresentado é que US$ 476 milhões foram arrecadados no primeiro trimestre de 2019. Neste período, PUBG Mobile lidera com US$ 148 milhões, o que representa 31% do total.

Vale lembrar que os valores tendem a mudar, já que a China não tinha acesso às microtransações de PUBG Mobile, mas terá com a chegada de Game for Peace, battle royale com tema patriótico também produzido pela Tencent.

Quer conhecer alguns outros games mobile competitivos? Veja o vídeo acima no qual listamos os melhores títulos.

Matheus Oliveira é redator do Versus. Siga-o no Twitter.

Mais notícias
LoL: Brasil será retratado em episódio de websérie da LCS
League of Legends

LoL: Brasil será retratado em episódio de websérie da LCS

Novidade chega com a extensão da parceria entre Mastercard e Riot Games para a LCS
Beatriz Coutinho
Ford entra nos esports e cria equipe Fordzilla para competir no automobilismo virtual
Mercado

Ford entra nos esports e cria equipe Fordzilla para competir no automobilismo virtual

O anúncio foi feito pela empresa durante a Gamescom 2019
Matheus Oliveira
LoL: Echo Fox dispensa toda a line-up após perder vaga na LCS
League of Legends

LoL: Echo Fox dispensa toda a line-up após perder vaga na LCS

A organização não atendeu as exigências da Riot Games após caso de racismo envolvendo sócio
Matheus Oliveira