League of Legends

LoL: Vivo Keyd contrata jogador mexicano Grell para 2º split do Circuitão

O caçador jogava pela equipe latino-americana Rainbow7
@luccabucks
Matheus de Lucca
escreve para o Versus.
Foto: Vivo Keyd/Reprodução
Foto: Vivo Keyd/Reprodução

A Vivo Keyd revelou nesta quarta-feira (22) a contratação do mexicano Jesús "Grell" Loya, que integrará a equipe de League of Legends (LoL) para a disputa da segunda temporada do Circuito Desafiante 2019.

Leia mais


O caçador jogava pela equipe latino-americana Rainbow7 e é tido como uma das revelações do cenário LATAM. Grell começou a jogar profissionalmente em 2017 e tem passagem por equipes como Ordo Equitum, 2Days e Dash9 Gaming.

Com a contratação, resta saber quem serão os jogadores que estarão no topo e na posição de atirador para os guerreiros. A atual line-up da Keyd é a seguinte:

  • Jonas "Caos" Vriesman (selva)
  • Jesús "Grell" Loya (selva)
  • Júlio César "NOsFerus" Cruz (meio)
  • Matheus "Professor" Leirião (suporte)
  • Gabriel "Bieldomaul" Guia (reserva)
  • Augusto "Klaus" Clauss (reserva)


O 2º split do Circuito Desafiante começa em 10 de junho com a fase de pontos, que se estende até 5 de agosto. As semifinais acontecem entre 19 e 20 do mesmo mês, com a grande final marcada para 14 de setembro.

Quer conhecer a gaming house da equipe de League of Legends da Vivo Keyd? Confira no vídeo acima o tour guiado por Matheus "Professor" Leirião.

Matheus de Lucca é editor assistente do Versus. Siga-o no Twitter em @luccabucks.

Mais notícias
LoL: Fã transforma Kindred em Chapeuzinho Vermelho e Lobo Mau
League of Legends

LoL: Fã transforma Kindred em Chapeuzinho Vermelho e Lobo Mau

Nunca um sem o outro?
Beatriz Coutinho
TFT: Rakin deixará de participar da final mundial do Twitch Rivals
Teamfight Tactics

TFT: Rakin deixará de participar da final mundial do Twitch Rivals

Jogador pode mudar de plataforma em breve
Beatriz Coutinho
LoL: Bug de camuflagem reduz vida de Neeko
League of Legends

LoL: Bug de camuflagem reduz vida de Neeko

Neeko ficou com menos vida que um minion
Matheus Oliveira