League of Legends

LoL: Vivo Keyd anuncia liberação de Revolta para contratação

Saída do jogador pode marcar um novo desmembramento do Exódia
@helenavnogueira
Helena Nogueira
escreve para o Versus.
Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

Seria um novo desmembramento do Exódia? Nesta sexta-feira (23), a Vivo Keyd anunciou que está aberta a propostas por Gabriel "Revolta" Henud, caçador de sua equipe de League of Legends.

Leia mais sobre LoL:

No Twitter, a organização comunicou a abertura de contratação do pro player que, em seguida, informou que os interessados devem negociar diretamente com a Vivo Keyd.

Revolta está na Vivo Keyd desde outubro de 2017, junto com seus companheiros do "Exódia" - o topo Felipe "Yang" Zhao, o meio Gabriel "tockers" Claumann, o atirador Micael "MicaO"Rodrigues e o suporte Luan "Jockster" Cardoso.

Junta, a line-up foi bem sucedida enquanto ainda representava a INTZ, conquistando o 1º split do CBLoL 2015 e os dois splits do CBLoL 2016. Após jogarem separados por muito tempo,eles se reencontraram na Vivo Keyd para disputar os dois splits de 2018.

Além de sua equipe principal, a organização disputa a segunda edição da SuperLiga ABCDE com Gabriel "Bieldomaul" Ferreira na selva, Felipe "Kaneca" Kanecadan no meio, Augusto"Klaus"Clausscomo atirador e Matheus"Professor"Leirião como suporte. Para saber mais sobre a competição, confira o nosso guia.



Helena Nogueira é repórter no Versus. Siga-a em @helenavnogueira.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
TFT: Rakin deixará de participar da final mundial do Twitch Rivals
Teamfight Tactics

TFT: Rakin deixará de participar da final mundial do Twitch Rivals

Jogador pode mudar de plataforma em breve
Beatriz Coutinho
LoL: Bug de camuflagem reduz vida de Neeko
League of Legends

LoL: Bug de camuflagem reduz vida de Neeko

Neeko ficou com menos vida que um minion
Matheus Oliveira
LoL: Técnico Hiro e topo Wizer são dispensados da Kabum
League of Legends

LoL: Técnico Hiro e topo Wizer são dispensados da Kabum

Coreanos retornarão ao seu país de origem
Beatriz Coutinho