League of Legends

LoL: Top 10 da solo queue coreana joga de Taliyah na rota inferior

"Atire outra pedra!"
@luccabucks
Escrito por
Matheus de Lucca

Foto: Riot Games/Reprodução
Foto: Riot Games/Reprodução

Atingir o topo das filas ranqueadas em League of Legends (LoL) é uma tarefa que requer consistência e habilidade para sempre se sobressair sobre seus adversários na solo queue. Mais impressionante ainda é realizar tal feito usando campeões considerados não convencionais ou fora do meta, como é o caso de um jogador da solo queue sul-coreana que joga de Taliyah na rota inferior, mesmo que o papel mais comum da Tecelã de Pedras seja desempenhado mais na selva ou no meio.

Leia mais

Park "Dalka" Myeong-joon é o atirador da equipe sul-coreana Spear Gaming e até o momento em que esta nota foi escrita ele ostenta 76% de taxa de vitória com Taliyah na rota inferior neste início da Temporada 2020, abrangendo mais de 40 partidas disputadas. Ele também joga com atiradores tradicionais, como Caitlyn e Vayne, mas seu maior sucesso ainda é com a Tecelã de Pedras.

Ao observar as partidas que ele disputou, é notável que ele quase sempre combina o pick de Taliyah com Thresh ou outro suporte que busca forçar engages. Com controle de grupo pré-aplicado, fica muito mais fácil aplicar o combo de W>E>Q com a campeã, causando grande dano que é quase inevitável nos oponentes.

O Youtuber DongHuap fez um vídeo que demonstra mais de Dalka com Taliyah em ação e também mostra exemplos do uso da campeã na posição da rota inferior. Vale notar que o jogador estava no primeiro lugar das filas ranqueadas anteriormente, mas agora figura entre o Top 10 do servidor.

Nesta posição, sua build ainda é a mesma que seria feita na rota do meio ou na selva (sem, obviamente, o item de caçador) e a maior diferença fica mais para o estilo de jogo. A ultimate fica reservada a voltar para a rota depois de um roam no mid ou para garantir objetivos, fechando o caminho dos inimigos.

Taliyah na rota inferior já foi usada junto de Pantheon - antes mesmo de seu rework - na própria League Champions Korea (LCK), pela Griffin, então esta não é exatamente uma estratégia nunca antes vista, mas definitivamente pouco praticada. O que você acha da campeã nesta posição?

Para jogar de Taliyah na bot lane talvez seja interessante entender melhor sobre o controle de waves de tropas em League of Legends. No vídeo acima, o Versus explica o conceito de wave management e como aplicá-lo em suas partidas.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Sneaky diz que planeja voltar a competir na LCS
League of Legends

LoL: Sneaky diz que planeja voltar a competir na LCS

O jogador anunciou pausa na carreira em janeiro deste ano
Matheus Oliveira
LoL: Team One e RED disputarão final do 2º split do Circuito Desafiante 2020
League of Legends

LoL: Team One e RED disputarão final do 2º split do Circuito Desafiante 2020

Grande final será em 15 de agosto, próximo sábado
Beatriz Coutinho
TIM Live renova patrocínio com paiN Gaming
Mercado

TIM Live renova patrocínio com paiN Gaming

A parceria engloba as line-ups de LoL, CS:GO e Valorant
Matheus de Lucca