League of Legends

LoL: Team Innova é campeã do GirlGamer Festival São Paulo

Equipe disputará final do torneio em Dubai
@biaacoutinhoo
Escrito por
Beatriz Coutinho
Foto: BBL/Reprodução
Foto: BBL/Reprodução

A Team Innova é a grande campeã de League of Legends da etapa São Paulo do torneio feminino GirlGamer Festival. Na grande final do torneio a equipe venceu o time Pink Swords por 2 a 1 e garantiu o título do campeonato.

Leia mais:

No sábado (5) foram realizadas as semifinais do torneio, quando a Pink Swords venceu a GLG Esports (México) por 2 a 0 e a Innova derrotou a Eldeweiss (Chile), também por 2 a 0.

Já a grande final do torneio foi disputada no domingo (6). A Team Innova abriu a série melhor de três jogos (md3) contra a Pink Swords, mas perderam em seguida e precisaram buscar pela vitória no terceiro jogo, que veio aos 50 minutos da última partida.

Com a vitória, a equipe garantiu sua vaga na final mundial do torneio, que acontece entre 12 e 14 de dezembro em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Fazem parte da Team Innova as jogadoras:

  • Tainara “FiodoCabelo” Oliveira
  • Jessie “Jessie” Santana
  • Julia “Juraxxus” Prado
  • Bárbara ” Jime” Prado
  • Giuliana “Giu” Araujo

Perdeu a partida da grande final? Você pode assisti-la no vídeo abaixo a partir de 6 horas e 42 minutos.

Siga o Versus nas redes sociais para mais notícias - Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Final do Logitech G Challenge é definida e acontece neste sábado (8)
League of Legends

LoL: Final do Logitech G Challenge é definida e acontece neste sábado (8)

Saiba como acompanhar a decisão do torneio
Matheus Oliveira
CBLoL: Tabela, calendário, horários e mais
CBLoL

CBLoL: Tabela, calendário, horários e mais

Veja todos os detalhes atualizados sobre o 2º Split de 2020
Helena Nogueira
CBLoL: Santos é penalizado por conduta inadequada e perde dois bans na próxima partida
League of Legends

CBLoL: Santos é penalizado por conduta inadequada e perde dois bans na próxima partida

Devido à reincidência quádrupla, a organização também arca com multa de R$ 750
Matheus de Lucca