League of Legends

LoL: Representando a China, Royal Never Give Up é a grande campeã do MSI 2018

China campeã!
@biaacoutinhoo
Beatriz Coutinho
escreve para o Versus.
Imagem: Riot Games
Imagem: Riot Games

Hoje, os fãs chineses de League of Legends têm motivo para sentir orgulho. Neste domingo (20), a Royal Never Give Up venceu a equipe sul-coreana King-Zone DragonX por 3 a 1 e tornou-se a grande campeã do Mid-Season Invitational 2018.

Leia mais:

A China está viva

O primeiro jogo da série mostrou uma King-Zone DX totalmente perdida. O first blood da partida aconteceu em cima de Han "Peanut" Wang-ho, após tentar garantir o Blue. Por volta dos 17 minutos a equipe sul-coreana conseguiu alguns abates em cima dos chineses, mas a RNG voltou forte.

A vantagem da King-Zone terminou aos 22 minutos, todo o jogo após esse momento foi controlado pelos chineses. Abusando de sua composição praticamente perfeita, a RNG conseguiu ótimos objetivos, enquanto a KZ tomou algumas decisões erradas, prejudicando-se ainda mais.

Aos 30 minutos, a RNG tentou invadir a base sul-coreana e obteve sucesso. O grande destaque da partida foi o Ezreal Jian "Uzi" Zi-Hao, que finalizou o jogo 7/0/4, com 369 de farm, que contou com uma bela ajuda da Janna de Shi "Ming" Sen-Ming, que terminou a partida 1/0/10.

Revanche

O início do segundo jogo da série foi mais equilibrado, com menos erros da King-Zone e dano da RNG. Aos 24 minutos, com torres empatadas, Uzi consegue seu primeiro abate e inicia, novamente, sua força.

Com uma boa luta, próxima a rota do meio, os chineses garantem duas kills, em cima do atirador e suporte adversários, garantindo um inibidor logo em seguida. Pouco tempo depois, na selva sul-coreana, a RNG sofreu algumas baixas e a King-Zone conseguiu fazer o Barão.

Na ânsia por aproveitar todo o bônus do Barão, a KZ consegue invadir a base chinesa e com uma boa luta, garante um Ace em cima da RNG, derruba a torre e corre em direção à vitória, empatando o placar da grande final.

Uzi: Ao infinito e além

O terceiro jogo da série começou levemente acelerado para a RNG. A equipe garantiu seu first blood na rota do meio ao contestar uma luta e seguiu conquistando abates e fechando itens, quesito no qual a KZ começou a ficar atrasada.

Aos 17 minutos, a RNG elimina a dupla sul-coreana da rota inferior e garante seu segundo Dragão. Passeando pelo mapa e conquistando cada vez mais abates, os chineses derrotam o Barão, chave da finalização do jogo.

Aos 24 minutos, a Royal começou a invadir a base da King-Zone pela rota do meio e ao derrubar torre e inibidor, garantiu a liberdade necessária para terminar o massacre, finalizando a partida aos 25 minutos, com, novamente, uma participação incrível de Uzi, que finalizou a partida em 7/0/3 e quase 100 de farm à frente do atirador adversário, Kim "PraY" Jong-in.

O sufoco da vitória

O quarto e último jogo da série começou de forma lenta e os abates e lutas mais tensos começaram a acontecer somente por volta dos 15 minutos.

Atrás no ouro e nas torres, a RNG garantiu mais abates e um Dragão, mas a King-Zone não ficou para trás, derrotando um Barão e conquistando um bônus importante avançando muito no jogo.

Após passar sufoco, a RNG voltou da base furiosa destruindo tudo o que pôde em questão de segundos.

Dessa maneira, a equipe chinesa garantiu a vitória do jogo e o título do MSI 2018, pouco menos de um mês após a primeira grande conquista da LPL, liga chinesa, quando a comunidade comemorou o sucesso de Uzi.

Imagem: Riot Games
Imagem: Riot Games

Brasil

O Brasil também teve uma equipe representante no MSI 2018. Após vencer o CBLoL de maneira gloriosa em cima da Vivo Keyd, a KaBuM viajou rumo à Berlim, na Alemanha, para disputar o Mundialito.

Os brasileiros finalizaram sua participação com quatro vitórias - incluindo o show contra a Super Massive - e duas derrotas, terminando o torneio na décima colocação.


Bia Coutinho é redatora no Versus. Siga-a no Twitter.

Tags Relacionadas
League of Legends
Mais notícias
LoL: Faker faz dois dribles incríveis em partida contra RNG no Mundial 2019
League of Legends

LoL: Faker faz dois dribles incríveis em partida contra RNG no Mundial 2019

Ele é realmente o "Unkillable Demon God"
Beatriz Coutinho
Mundial de LoL 2019: Fnatic faz composição sem campeões de longa distância
League of Legends

Mundial de LoL 2019: Fnatic faz composição sem campeões de longa distância

E as torres? Como derrubar?
Matheus Oliveira
LoL: Com destaque em Lucian e Thresh, Riot publica novo teaser
League of Legends

LoL: Com destaque em Lucian e Thresh, Riot publica novo teaser

O que será que os fãs podem esperar do embate entre os dois?
Lucas Hagui